Passione: Saulo era o mentor de Fred e Clara

O empresário contratou a vilã para matar Eugênio, mas acabou traído e assassinado pela dupla do mal

Passione: Saulo era o mentor de Fred e Clara

Clara e Fred são os assassinos da trama
Foto: Divulgação – Rede Globo

Foi desvendado o mistério: Clara (Mariana Ximenes) e Fred (Reynaldo Gianecchini) são os assassinos de Eugênio (Mauro Mendonça) e Saulo (Werner Schünemann). E este último foi o mandante da morte do próprio pai. É isso mesmo! Clara conheceu Saulo na época em que era prostituta. O empresário, aproveitando-se do rostinho de anjo da moça, a contratou para eliminar Eugênio, para que ele pudesse assumir a presidência da empresa da família. Ela topou e, para isso, contou com a ajuda de Fred. 

Clara foi contratada como enfermeira do milionário e, sem querer, soube que Eugênio tinha deixado uma fortuna para Totó (Tony Ramos). Ela e Fred, então, passaram a perna em Saulo, escondendo a informação preciosa e indo para a Itália às escondidas. Quando a notícia se espalhou, Saulo ainda tentou ficar ao lado da dupla do mal, mas… Não deu nada certo. 

Decidido a ser o presidente da Metalúrgica Gouveia a todo custo, Saulo passou a pressionar Fred, ameaçando contar a todos que ele foi parceiro de Clara no assassinato de Eugênio. Os ex-amantes, então, decidiram acabar com o antigo mentor. Clara o seduziu, atraindo-o para o motel vagabundo e Fred o golpeou. 

Só que, mesmo depois de morto, o empresário continua a guiar os passos do vilão. É que Fred ficou com a caderneta do falecido, na qual Saulo havia descrito detalhadamente todo o seu plano para roubar a própria família. E o bonitão está seguindo tudo direitinho. Isso é que é ser um bom pupilo.

☆ Pedras, cristais e rituais de proteção: saiba como usar ☆