Preconceito e depressão: Glamour Garcia abre o coração no ‘Encontro’

Atriz trans de 'A Dona do Pedaço' falou sobre transfobia no programa da Fátima Bernardes.

A atriz trans Glamour Garcia, atualmente no ar como a Britney de ‘A Dona do Pedaço‘, esteve no Encontro de hoje (10) cujo tema foi o Dia da Prevenção ao Suicídio. Além de todos os lados do problema mostrados pelo programa de Fátima Bernardes, a atriz acrescentou como é o lado da depressão pelo lado das pessoas trans.

Após o programa mencionar os males da depressão no geral da sociedade, Glamour Garcia aproveitou uma deixa para mostrar como a população trans sofre mais com a doença. “Muitas pessoas trans desenvolvem depressão, por causa da perseguição sistemática, pelas formas como a sociedade acaba não se aprofundando na vivência dessas pessoas”, explicou seriamente.

Fátima contou com o psicólogo Jairo Bauer para trazer o dado de que a população LGBT tem uma tendência maior a desenvolver depressão. O número é assustador: essas pessoas têm de 3 a 5 vezes mais chances de desenvolver algum transtorno mental e risco de suicídio.

As dificuldades de pessoas trans também gerou assunto para outra pauta do ‘Encontro’. Fátima Bernardes também exibiu a cena na qual a Britney de ‘A Dona do Pedaço’ recuperava seu emprego após a transfobia da chefe Fabiana (Nathalia Dill), que lhe obrigara a trabalhar usando roupa de homem. A personagem precisou procurar um advogado para conseguir retomar seu emprego, sem precisar se vestir de homem.

A atriz explicou que o direito ao trabalho é básico, e que foi muito legal gravar aquela cena porque a Britney ama seu trabalho e se sentiu mal de ter sido demitida por transfobia. O preconceito de Abel (Pedro Carvalho), que se afastou de Britney após descobrir a transexualidade de sua amada, também foi abordada no programa, e seu intérprete defendeu uma redenção para o personagem: “o preconceito pode ser curado”.

☆ Pedras, cristais e rituais de proteção: saiba como usar ☆