Prêmio Multishow 2017: veja os vencedores e tudo o que rolou

Anitta, Simone e Simaria e Luan Santana foram os grandes vencedores da noite!

Apresentado por Tatá Werneck e Fábio Porchat, o Prêmio Multishow rolou nesta terça-feira (24), no Rio de Janeiro. A celebração premiou grandes nomes da música pop nacional e contou com momentos marcantes.

Já no red carpet, Anitta e Pabllo Vittar roubaram a cena. De branco, as estrelas chegaram mostrando que a noite teria lacre para todos os lados.

View this post on Instagram

Prêmio Multishow 2017 (look by @cea_brasil )

A post shared by anitta 🎤 (@anitta) on

Empoderamento feminino

Logo de cara, Karol Conka e Ludmilla cantaram músicas com recados importantes sobre o feminismo. Elas entraram no palco carregadas como rainhas do Egito e arrasaram ao som de “É o Poder”, “Maria da Vila Matilde” (de Elza Soares), “Pagu” (de Rita Lee) e “Cheguei”. #girlpower demais ❤

Revelação

Em sua primeira vez na cerimônia, Pabllo Vittar fez uma performance poderosa! Além de cantar “Corpo Sensual” e recriar o ringue do clipe de “K.O.”, Pabllo ainda surpreendeu ao abrir espacate no palco e beijar um dos bailarinos.

Como resultado, foi o nome vencedor da categoria Fiat Argo Experimente, dedicada a novos artistas. Além do troféu, faturou um carro oferecido pelo patrocinador.

O que aconteceu, Luan?

Luan Santana mostrou uma combinação dos sucessos “Escreve Aí”, “Chuva de Arroz”, “Eu, Você, o Mar e Ela”, “Acordando o Prédio” e “Acertou a Mão”. Porém, ao substituir os arranjos originais por versões eletrônicas, o som causou estranheza e não conquistou o público.

No fim da apresentação, Luan foi até a namorada, Jade Magalhães, e cantou especialmente pra ela. Fofos!

~Anira~ internacional

Anitta levou um medley de suas músicas mais recentes, “Will I See You”, “Is That for Me”, “Paradinha” e “Sua Cara”. Só de lingerie, ~Anira~ arrasou nas coreografias e acabou mostrando os mamilos várias vezes.

O acidente com a roupa nitidamente estava dividindo a sua atenção durante a performance, mas a musa lidou muito bem com a situação. Afinal, são só mamilos, né? Quando subiu ao palco para receber o troféu de Melhor Música, ela brincou: “Gente, meus peitos não estão de fora, não, né? Pelo amor de Deus”.

Veja mais: Por que só os nossos mamilos são censurados?

A artista ainda trouxe ao palco um time incrível de dançarinos, que passaram uma mensagem pró-diversidade de maneira bem clara. O show da cantora terminou com a participação de Pabllo Vittar e Diplo.

“Um dia quero poder detalhar o quanto é difícil, nascendo onde nasci, sendo mulher e jovem, cantando o que eu cantava, fazendo as coisas que topei fazer, chegar em um prêmio desses”, desabafou ao receber o prêmio de Melhor Cantora do ano. Rainha! 

Vocês querem lacre?

Um dos shows mais aguardados foi o de Projota e Iza – e a espera valeu a pena! O rapper começou com “Oh Meu Deus” e a cantora apareceu maravilhosa cantando “Rude Boy”. Depois, eles finalizaram a performance com “Pesadão”, música na qual Projota fez o rap originalmente cantado por Falcão.

Chora não, coleguinha ❤

Simone e Simaria quebraram o protocolo ao serem anunciadas como o Melhor Grupo da noite. Simaria subiu no colo de Simone, tirou os sapatos, rasgou a meia-calça, gritou, chorou, homenageou a mãe e o marido… Foi demais!

Simone ainda fez uma revelação. “Essa noite, recebi uma mensagem no meu celular de uma moça de 18 anos que queria se matar porque a mãe estava passando por uma doença muito grave e ela não tinha forças para seguir. Ela contava para mim, na mensagem, que o que fez ela mudar, pela doença da mãe, foi a nossa música. Então, quero agradecer a Deus pelo dom de cantar, ao Brasil e aos nossos fãs”, disse emocionada.

As irmãs também receberam o troféu de Música Chiclete por “Loka”, em parceria com Anitta. E o trio recriou o clipe ao vivo! Pela primeira vez em 24 anos, o Prêmio Multishow teve um show externo.

Confira todos os vencedores do Prêmio Multishow 2017

Voto popular

Melhor Cantor
Luan Santana
Lucas Lucco
Thiaguinho
Tiago Iorc
Wesley Safadão

Música Chiclete
“Acordando o Prédio”, Luan Santana
“Eu Sei de Cor”, Marília Mendonça
“Loka”, Simone & Simaria part. Anitta
“Malandramente”, Dennis e MCs Nandinho & Nego Bam
“50 Reais”, Naiara Azevedo

Fiat Argo Experimente
Anavitória
Arthur Aguiar
Gustavo Mioto
Iza
Pabllo Vittar

Melhor Show
Anitta
Joelma
Luan Santana
Simone & Simaria
Thiaguinho

Melhor Grupo
Henrique & Juliano
Maiara & Maraisa
Simone & Simaria
Sorriso Maroto
Turma do Pagode

Melhor Música
“Homem de Família”, Gusttavo Lima
“Me Espera”, Sandy part. Tiago Iorc
“O Nosso Santo Bateu”, Matheus & Kauan
“Sim ou Não”, Anitta part. Maluma
“Você Partiu Meu Coração”, Nego do Borel, Anitta e Wesley Safadão

Melhor Cantora
Anitta
Ivete Sangalo
Joelma
Marília Mendonça
Sandy

Melhor Clipe TVZ
“Acordando o Prédio”, Luan Santana 
“Cheguei”, Ludmilla
“Paradinha”, Anitta
“Tô Apaixonado Nessa Mina”, MC Kevinho (Kondzilla)
“K.O.”, Pabllo Vittar

Melhor Cover da Web
“Eu Era”, Ana Gabriela (Cover Marcos & Belutti)
“Sua Cara”, Gabi Luthai (Cover Major Lazer ft. Anitta & Pabllo Vittar)
“Fica”, Luísa Sonza (Cover Anavitória ft. Matheus & Kauan)
“Paradinha”, Mariana Nolasco (Cover Anitta)
“Amante Não Tem Lar”, Thayná Bitencourt (Cover Marília Mendonça)

Voto do superjúri

Canção do Ano
“Invisível”, BaianaSystem
“As Caravanas”, Chico Buarque
“Menino Mimado”, Criolo
“Flutua”, Johnny Hooker (part. Liniker)
“Ponta de Lança”, Rincon Sapiência

Melhor Disco (Superjúri)
“Caravanas”, Chico Buarque
“Letrux Em Noite de Climão”, Letrux
“Galanga Livre”, Rincon Sapiência

Revelação
Luiza Lian
Rakta
Rincon Sapiência

Disco – Melhor Capa
“Galanga Livre”, Rincon Sapiência

Disco – Melhor Gravação
“Modo Avião”, Lucas Santtana

Disco – Melhor Produtor
“Galanga Livre” – Rincon Sapiência

Clipe – Melhor Direção
“Não Espero Mais”, O Terno