Ribeirão do Tempo: Joca é suspeito de assassinato

O detetive atrapalhado é pego em flagrante trabalhando no local do crime

Ribeirão do Tempo: Joca é suspeito de assassinato

O detetive é surpreendido por Ajuricaba
Foto: Divulgação – Rede Record

Léia (Angelina Muniz) fica à espreita para que o filho invada a casa de Heleninha (Adriana Prado). Ela vê um carro da polícia se aproximando e corre para ligar para Joca (Caio Junqueira), mas a bateria do celular acaba nesse instante. 

Marta e o guarda veem a luz da lanterna de Joca dentro da casa de Heleninha. Ajuricaba (Umberto Magnani) pega um revólver e avisa a Marta (Flávia Monteiro) que vai entrar no local. Joca se assusta com a porta, Ajuricaba entra, de arma em punho, e encara o detetive, que tenta fugir, mas é detido. Ele explica que estava trabalhando, mas Ajuricaba o prende e diz que vai indiciá-lo por assassinato.

Heleninha é enterrada em Ribeirão

Beatriz (Íris Bruzzi) tenta impedir que a amante de seu marido seja enterrada em Ribeirão do Tempo, mas não consegue. A população inteira exige que o corpo da prostituta fique na cidade e até Eleonora (Jacqueline Laurence) vai ao túmulo de Heleninha (Adriana Prado) e joga um ramo de flores, para o espanto de todos e da viúva. 

Beatriz, aliás, fica chocada ao ver três mulheres chorando na sepultura do seu marido e desconfia… Para não ficar por baixo, ela joga um buquê na cara de uma delas e todas fogem.