Rodrigo Santoro faz planos para voltar a atuar no Brasil: ‘Minha carreira é uma só’

Farinha de mandioca, banana-maçã e coco. Além de listar o que gostaria de levar do país, o ator revela suas maiores saudades e fala sobre o sucesso no exterior. Em breve, ele entra em cartaz com Will Smith e grava uma série do mesmo diretor de Lost

Com o braço em uma tipoia, Rodrigo Santoro chega para a entrevista. “Foi só um acidente futebolístico, nada demais. Futebol também é um esporte radical!”, brinca. Mesmo carregando no portfólio colegas de elenco como Will Smith, Anthony Hopkins e Natalie Portman, Santoro garante que é fã das coisas simples – como o jogo do fim de semana ou uma ida à feira. A fala mansa e a paciência acompanham um dos atores brasileiros mais bem sucedidos em carreira internacional. Agora, ele garante que está fazendo planos para novos trabalhos no Brasil.

“Minha carreira é uma só, vejo como uma estrada. Às vezes, estou falando uma outra língua, em outro lugar…”, reflete. Em Hollywood, Santoro tem três filmes com estreia marcada para o próximo ano: Golpe Duplo, Jane Got a Gun e Os 33. Além disso, atuará na série da HBO Westworld, do mesmo criador de Lost. “Trabalhar com língua estrangeira passa a ser uma experiência estrangeira. Não deixa de ser um desafio a ser vencido. A chave é a perseverança. A competição é mundial, mas quando a gente quer muito, vai à luta”, ensina. Foi assim que Rodrigo se especializou em filmes. Sua posição lá fora se consolidou desde a participação em As Panteras – Detonando (2003), seu primeiro papel em um blockbuster internacional. “Nada foi planejado, minha carreira aqui estava indo muito bem. Eu estava fazendo cinema e as coisas meio que foram acontecendo. Fui seguindo, me dedicando”, explica.

Sem atuar no Brasil desde Heleno (2012), o ator diz que pode voltar em breve à televisão. Ele não dá detalhes, mas explica que a ausência tem a ver com a dificuldade de conciliar a agenda, e com a identificação com os projetos e papeis. “Não fui embora não! Estou aqui, moro aqui. Tenho feito menos coisa para a tela pequena, mas tenho planos… Talvez para o próximo ano. Tô tentando muito encontrar os personagens. Preciso de identificação, é como ficar amigo de uma pessoa. Quando encontrar, vai rolar”, afirma.

Saudades

Apesar das idas e vindas, sua casa é uma só, no Rio de Janeiro. Fora do Brasil, Rodrigo Santoro se divide entre alugueis e estadias em hotéis. Uma das perguntas que mais ouve é do que mais sente falta quando está fora do país. Ele tem a resposta pronta: de tudo. “Da minha vida aqui, da minha família, dos meus amigos… Do meu sofá, de jogar futebol”, enumera. Com a lista do que gostaria de carregar, ele arranca risos: farinha de mandioca, banana-maçã e coco. Mas fica só na vontade. “Não levo nada, só uma mala de acordo com o tipo de lugar que estou indo… Quando volto, mato a saudade das coisas.”

Entre o que mais faz falta, claro, está a namorada, a atriz Mel Fronckowiak. Juntos desde 2013, os dois acabaram de voltar de uma viagem ao Uruguai, onde Mel estava gravando uma série. “Aproveitamos e tiramos uns diazinhos para descansar. Eu não conhecia o país, gostei muito!”, explica.

Rodrigo Santoro faz planos para voltar a atuar no Brasil: 'Minha carreira é uma só'

Assédio

Com a fama de galã, ele vê os cabelos brancos surgirem, mas garante que não tem problema nenhum com a idade. O fortalecimento da carreira trouxe mais assédio, mas o ator também aprendeu a contornar as dificuldades. “Nossa, hoje eu sei que lido com isso muito melhor do que anos atrás. Não é fácil, já passei por várias fases diferentes. Tem uma época em que você acha que é pessoal, mas com o tempo percebe que não é. Aprendi a não me isolar, é um trabalho diário. Claro que às vezes preferimos que isso não estivesse acontecendo: quando queremos algum momento de privacidade… Mas não deixo de fazer as coisas por isso.” Não deixa mesmo.

Entre seus hobbies, ele revela, está uma ida à feira. “Não vou falar onde, mas adoro ir à feira! Gosto de fazer essas coisas simples. Não vou no horário mais cheio de todos, por exemplo, mas vou”, conta rindo.

Golpe Duplo

O longa-metragem Golpe Duplo conta a história de um trapaceiro profissional (Will Smith) que se apaixona por sua pupila (Margot Robbie) enquanto precisa lidar com um grande adversário (Rodrigo Santoro). O trabalho com o astro hollywoodiano desperta a curiosidade de todos. “Will Smith é sensacional. É um grande ator, acima da comédia, né? As pessoas sempre me perguntam se ele é engraçado, mas comediantes não são tão engraçados na vida real. Eles são mais quietos, não fazem piada o tempo todo”, explica Santoro.

O filme, que estreia no dia 26 de fevereiro de 2015, teve seu trailer divulgado nessa quinta-feira (30). Confira:

//www.youtube-nocookie.com/embed/xv7tlO-4kEg?rel=0

 
Veja também: Artistas brasileiros que fazem sucesso no exterior

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s