Sophie Turner fala sobre depressão e diz que já teve pensamentos suicidas

A atriz conversou com o psicólogo Dr. Phil sobre seus problemas de autoestima. Ela também revelou que pensou em suicídio durante Game of Thrones.

Em uma conversa sobre saúde mental para o podcast “Phil in the Blanks”, Sophie Turner contou um pouco sobre a sua própria batalha contra a depressão. A atriz conhecida por interpretar Sansa Stark na série de sucesso Game of Thrones foi diagnosticada com a doença há pelo menos 5 anos e revelou já ter pensado em suicídio durante a adolescência.

“Eu costumava pensar bastante sobre isso quando era mais nova. Não sei o porquê. Talvez fosse uma fascinação estranha que eu tinha. Mas não acho que eu chegaria a cometer suicídio”, disse a jovem de 23 anos.  

Para Sophie, os problemas começaram ao mesmo tempo em que sua fama. Ela passou a receber comentários nas redes sociais que foram fundamentais para o declínio de sua saúde mental. As críticas atacavam o seu método de atuação e aparência, abalando fortemente a autoestima da jovem.

“Eu acreditava em tudo. Pedia para os figurinistas da série apertarem muito o meu corset. Eu ficava muito insegura”. A situação chegou ao ponto em que a atriz sequer tinha vontade de sair de casa.

Depois de anos nessa situação, Sophie conta que decidiu procurar tratamento. Hoje, além da terapia, a noiva de Joe Jonas também toma remédios. No entanto, isso não significa que os desafios acabaram. “O mais difícil é aprender a me amar. Tem dias que eu não sinto isso, mas agora eu estou com alguém que me ajuda a perceber minhas qualidades”, disse.

Veja abaixo a entrevista completa em inglês: