Suzy Rêgo: ‘A autoestima deve ir além do corpo’

Sem neuras e com muito bom humor, a atriz cuida da alimentação para alcançar o peso que considera ideal e prioriza a educação dos filhos gêmeos

Suzy Rêgo: realizada e mais feliz do que nunca
Foto: Márcio Carvalho/ Divulgação Maison Spa

Aos 47 anos, Suzy Rêgo tem uma meta: usar manequim 42. Mas ela está bem sossegada, usando 44, sem encanações. No ar como Beatriz, na novela Império, da Rede Globo, ela já chegou a vestir 48 e encontrou no programa de emagrecimento do Vigilantes do Peso a maneira de se reeducar e ter hábitos mais saudáveis. “Mas a autoestima deve ir além do corpo. Sou feliz porque decidi ser, independentemente do peso”, conta ela, que prefere passar longe da balança para evitar aumentar a ansiedade.

Com a agenda cheia de gravações no Rio de Janeiro, ela organiza a vida para voltar a São Paulo no fim da semana a tempo de buscar os filhos gêmeos Marco e Massimo, 5 anos, na escola. “Descobri que sou excelente mãe. Tenho vocação para a coisa!”, conta.

Com tanto trabalho, dói o coração deixar os gêmeos em São Paulo? Eles reclamam da sua ausência?

Eles ficam felizes por eu estar em um momento importante. E estão com meu esposo, Fernando [Vieira, que também é ator], acostumados com meu vaivém semanal. Sem dor, só alegria. Saudade sim, mas todo encontro vira festa.

Há maneiras de a mulher que trabalha fora compensar em casa?

Sou muito presente. Volto do Rio num horário que dê tempo de buscá-los na escola, passar tempo com eles e aproveitar. Brincamos juntos, curtimos. Priorizamos ficar em casa em família. A qualidade do tempo que se dedica aos filhos nas coisas mais simples, como conversar, cantar, comer, dar banho e fazer carinho compensa mais do que presentes materiais. Meus filhos amam minha comidinha [feijão com arroz integral, purê de mandioquinha e ovo mexido que ela mesma faz], as histórias que conto e até o jeito como coloco disciplina neles.

Qual a maior dificuldade da maternidade?

Descobri que sou excelente mãe. Mesmo. Tenho vocação para a coisa! Sempre lidei com desafios, como alimentação e hora de dormir, com tolerância e bom senso. E tenho um aliado poderoso, o Fernando. Pai para toda obra [risos]. Somos uma equipe. Atualmente estamos melhorando a alimentação deles e atingindo ótimos resultados no projeto “sem xixi na cama” [Suzy e o marido evitam que as crianças bebam líquidos duas horas antes de dormir e elogiam quando as crianças acordam sequinhas]. Somos entregues à missão paternidade, amamos.

Você já foi magérrima na juventude. Hoje parece estar bem em relação ao corpo e está linda, mesmo fora dos padrões de magreza do meio artístico. Como manteve a autoestima elevada?

Fui modelo, mas naquela época era natural manter a magreza além do padrão. Pretendo emagrecer mais, mas o corpo muda. E esse assunto já cansou. Temos que trabalhar a mente. Estou feliz, pois hoje sou uma atriz que cresceu no teatro e na TV.

Como pessoa pública, acha que se assumir acima do peso ajuda outras pessoas com problemas de autoestima?

Todos devem ser respeitados pelo seu tipo físico, mas a autoestima deve ir além do corpo. Deve-se ressaltar o caráter, dignidade, atitudes e escolhas exemplares. Isso, sim, ajuda a se sentir melhor.

Como foi voltar ao peso depois da gravidez? Você diminuiu dois números no manequim…

Ganhei 14 kg nos gêmeos. Estava bem acima quando engravidei. Depois da gestação, me dediquei a eles com exclusividade porque os desejei muito. Quando eles chegaram, meu mundo se iluminou. Estava sempre linda e plena amamentando os dois no peito. De pijama. Descabelada… Mas era feliz. Graças à amamentação, fui emagrecendo um pouco, sem neura nem pressa.

Você tem meta de emagrecimento?

Faço Vigilantes do Peso. Tenho meta: vou usar 42, que é o número com que fico bem. Gosto de magreza, tudo fica mais leve. Mas falo por mim, cada um sabe de si. E faço musculação duas vezes por semana.

Qual é o seu conselho para aquelas mulheres infelizes com o corpo?

Muitas pessoas em boa forma física também estão infelizes. Sou feliz porque decidi ser, independentemente do peso. Sou realizada em algumas coisas e tenho outras a realizar. Sou exemplo de alto-astral, alegria, entusiasmo e bom senso. Aconselho que se alimentem bem e pratiquem atividade física. Seja sua melhor amiga. Cuide-se por dentro. Exercite sua mente. Leia. Procure um grupo de apoio na internet. A felicidade é responsabilidade sua. Conquiste-a.

Beatriz é uma mulher e tanto!

Suzy Rêgo: 'A autoestima deve ir além do corpo'

Em cena, Suzy Rêgo, a Beatriz, e José Mayer, intérprete do bissexual Claudio
Foto: TV Globo/ Divulgação

A personagem de Suzy em Império, Beatriz, é polêmica. Ela tem a força de aceitar a bissexualidade do marido, Claudio (José Mayer) – coisa que nem Enrico (Joaquim Lopes), que é filho dele, faz. “As pessoas me parabenizam pelo trabalho, elogiam a força da personagem e ressaltam a lealdade e a cumplicidade da Beatriz. Questionam ela ser tão diferente, mas torcem pelo casal”, conta a atriz. E no meio da confusão é o apoio de Beatriz que dá ânimo para Claudio e mantém a família unida: “Quando as pessoas envolvidas são honestas, deixam claro suas preferências e todos concordam, o combinado não sai caro”, afirma a atriz.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s