The Politician: nova série da Netflix é um presente para os fãs de Glee

E não é só a gente que está dizendo isso. Conversamos com os atores da série e eles concordam!

“The Politician” é a mais nova grande aposta da Netflix – e ela tem tudo para agradar os saudosos fãs de “Glee”. Ambas são assinadas pelo mesmo criador, Ryan Murphy, mas isso definitivamente não é o suficiente para afirmar que as duas séries tem uma vibe similar. Porque, para quem não sabe, o Ryan Murphy é uma verdadeira máquina de lançar séries. Foi ele quem criou “American Horror Story”, “American Crime Story”, “Scream Queens” e “Pose”, por exemplo.

Só que nenhum dos títulos acima, ou qualquer outro que tenha saído da mente de Ryan, tem um perfume de “Glee” tão marcante quanto “The Politician”. Mas pode ficar despreocupada, pois não há uma tentativa de réplica, longe disso. As similaridades são bem vindas e, especialmente, bem trabalhadas.

É como se você recebesse a visita do irmão mais novo de um amigão de longa data e, ao abraça-lo, sentisse uma emoção familiar – daquelas que trazem mil memórias à tona. Aí você começa a se afeiçoar por essa nova pessoa, tanto pelas qualidades semelhantes às do seu amigo antigo, quanto pelas particularidades autênticas dela.

'The Politician'

Mas sobre o que fala “The Politician”? A trama gira em torno de Payton, um adolescente que, desde os sete anos, tem uma certeza: ele será o presidente dos Estados Unidos algum dia. E, para isso, Payton sabe que precisa traçar uma trajetória ilibada e bem sucedida. Atualmente, suas maiores ambições são: ser o presidente do grêmio estudantil e entrar em Harvard.

Só que o páreo é duro nas eleições escolares e ele resolve se unir a Infinity, uma garota que enfrenta um câncer grave. A figura frágil e aspiracional de Infinity é uma carta importante na campanha de Payton. Só que acontecimentos inesperados podem colocar tudo a perder nessas eleições.

A série traz um arsenal de personagens deliciosamente caricatos, que fazem um evidente paralelo com o sistema político “de verdade” e traz uma reflexão bem humorada sobre a sociedade contemporânea como um todo. Lembra dos exageros geniais na construção de personagens como Rachel Berry e Sue Sylvester? A gente encontra isso também em “The Politician”.

Só que, assim como em “Glee”, essa nova série não está disposta apenas a ser engraçada e ácida, ela também tem uma dose sensibilidade. Já no primeiro episódio, um número musical vai fazer você se emocionar.

Em “The Politician” a trama não gira em torno da música, mas as cenas cantadas são uma parte importante da série. Por isso, Ben Platt foi o ator chamado para protagoniza-la. Ele tem 25 anos e, em 2017, venceu o Tony Awards – que é Oscar dos palcos – de Melhor Ator em Musical pelo espetáculo “Dear Evan Hansen”, da Broadway. Junto com o resto do elenco, também ganhou um Grammy e um Day Time Emmy – esse último por uma apresentação feita no programa “Today”.

O elenco de “The Politician” traz também traz outros nomes festejados, como Jessica Lange, Gwyneth Paltrow, January Jones, Lucy Boynton, Bette Midler e Zoey Deutch. No catálogo desde essa sexta-feira (27), a série já está com a segunda temporada garantida para 2020.

Ben Platt e Zoey Deutch – a Infinity – estiveram no Brasil recentemente e o MdeMulher aproveitou para saber se eles também acham que “The Politician” tem similaridades com “Glee”. Spoiler: ambos concordam com a gente e também eram fãs da série da Fox. “Eu já fui vestido de Mister Schuester para o Halloween, no ensino médio”, entregou Ben rindo. A seguir, você confere a resposta deles na íntegra.

Da esquerda para a direita: Jessica Lange, Ben Platt e Zoey Deutch

Da esquerda para a direita: Jessica Lange, Ben Platt e Zoey Deutch (Netflix/Divulgação)

Atores de “The Politician” comentam as similaridades da nova série da Netflix com Glee

MdeMulher – Eu juro que eu não estava esperando, mas o primeiro episódio de “The Politician” [que foi o que nós pudemos assistir antes da entrevista] me trouxe uma nostalgia boa de “Glee”. Porque você tem personagens e situações exageradas, e o humor ácido, mas de repente surge uma cena emocionante que pode te fazer chorar. E isso é algo bem “Glee”, de certa forma. Gostaria de saber se vocês concordam com isso e se acreditam que “The Politician” vai tocar os fãs de “Glee” de uma maneira espacial.

Ben Platt – Certamente. Eu acho que a coisa mais bonita a respeito de “The Politician” é que esse é começo da era do Ryan [Murphy] na Netflix e eu acho que, por causa disso, ele quer que a série tenha a essência dele – do que ele realmente faz e do que ele é. E por causa disso há momentos e sentimentos que remetem a vários outros projetos dele – e obviamente “Glee” é uma parte enorme disso. Se passa numa escola de ensino médio e tem elementos musicais e eu acho que resgata o tom daquela série. Para pessoas como nós, que amavam “Glee” quando estávamos crescendo, certamente vai ter um sabor parecido, mas eu também acho que [“The Politician”] se debruça sobre uma gama completamente diferente de assuntos. É sobre um outro tipo de questão humana. “Glee” falava mais sobre se encaixar e ser aceito, descobrir quem você é, conhecer novas pessoas e se conectar. E eu acho que a nossa série é muito mais sobre a maneira como nós nos tornamos políticos nas nossas próprias vidas, sobre como nós deixamos a autenticidade de lado para tentar conquistar algo e sobre como a autenticidade é importante. Então, empiricamente, é uma série diferente, mas certamente há pequenas ‘borbulhas’ de “Glee” que as pessoas vão notar.

Zoey Deutch – Eu apenas concordo [risos]. Mas, falando sério, é inegável que as melhores coisas de se assistir são aquelas que você não sabe se, na próxima cena, vão fazer você rir ou chorar. Esse é o melhor dos sentimentos, pois traz a surpresa. Por isso que os filmes de terror estão em alta, por causa do sentimento de surpresa que acontece quando algo te assusta. E eu acho que é isso que essas séries trazem [“The Politician” e “Glee”]. Você não sabe se vai rir ou se acabar chorando, ou se você fará as duas coisas ao mesmo tempo – e esse é o melhor sentimento do mundo.

Personagens deliciosamente caricatos dão o tom da série

Personagens deliciosamente caricatos dão o tom da série (Netflix/Divulgação)

☆ Será que seu signo tem a ver com o signo do crush? Entenda o que é e do que fala a sinastria ☆