Top 10 músicas inesquecíveis de Copa do Mundo

Algumas nos fizeram rir, outras chorar, e as melhores, comemorar! Confira uma lista de hits da Copa do Mundo que marcaram os Mundiais!

Ter uma canção como tema oficial de uma Copa do Mundo é, sem dúvida, um bom negócio. Qual artista não gostaria de se apresentar para uma plateia de 1 bilhão de pessoas, número aproximado de gente que estará ligada no evento de abertura do evento, hein?! Por isso, entra ano de Mundial, sai ano, alguma canção tenta ganhar o título de ‘hino’. Qual será o desta Copa?

Confira um TOP 10 de músicas inesquecíveis, para o bem ou para o mal!

10. Los Ramblers – El Rock del Mundial (Chile, 1962)

O primeiro a gente nunca esquece, não é mesmo? E por mais que a música não seja a mais popular desta lista, afinal, foi lançada há mais de 50 anos (!!!), é importante por ter dado o pontapé inicial na moda “músicas da Copa” e por ser uma das músicas de maior sucesso do Chile, foram vendidas mais de 2 milhões de cópias. E, ah, nesse Mundial o Brasil foi o grande campeão em vitória contra a Tchecoslováquia. O hit deu sorte?

9. Claudia Leitte, Pitbull e Jennifer Lopez – We Are One (Brasil, 2014)

Bastante criticada, tanto no Brasil, quanto pela imprensa estrangeira, por não dar o devido destaque para a representante brasileira Claudia Leitte, que canta por apenas 15 segundos, a canção foi apresentada na abertura do Mundial no Brasil. Isso, para o bem ou para o mal, já tornou a produção inesquecível e histórica. Você aprovou a escolha?

8. Anastacia – Boom (Coréia do Sul e Japão, 2002)

O ano do Penta! Apesar de uma certa baiana ter feito a festa com sua canção, foi da cantora norte-americana Anastacia a música oficial da Copa. Muito famosa na Europa e Oceania, ela, dona de uma voz potente, foi a aposta da FIFA e tentou fazer de Boom um dos hinos do Mundial, porém a produção foi um fracasso e não conseguiu chegar ao #1 em nenhum país em que foi lançada. “Bola murcha”!

7. K’naan – Wavin’ Flag (África do Sul, 2010)

A Copa de 2010, na qual a Espanha se consagrou a grande vencedora, não foi das melhores em termos de alegrias para o Brasil. Agora, quando o assunto são as músicas produzidas e que fizeram sucesso, a coisa muda de figura. Uma delas em especial, a motivacional Wavin’ Flag, entoada pelo rapper K’Naan, ganhou o carinho de jogadores e torcedores ao redor do mundo. Claro, o hino fazia parte de uma campanha publicitária de uma marca gigante de refrigerantes, o que ajudou em sua divulgação, mas isso não tira o seu mérito. A canção é boa, tocou demais nas rádios, chegou ao 14º lugar das mais executadas no Brasil, e tornou-se inesquecível. Mas aquele ano ainda seria marcado por uma canção que vai ocupar nosso nº 1…

6. Toni Braxton e Il Divo – Time Of Our Lives (Alemanhã, 2006) 

Mais uma canção que se destaca por sua falta de empatia com o público. No ano em que a Itália foi campe㠖 e o Brasil perdeu nas quartas de final -, o “hino” da norte-americana Toni Braxton com o grupo de ópera-pop britânico Il Divo não conseguiu virar um hit. Coube à colombiana Shakira, sempre ela, embalar os momentos de vitória. Cantando Hips Don’t Lie ela fez o show de encerramento do Mundial e a cabeça dos torcedores.

5. Daryl Hall e Sounds of Blackness – Gloryland (Estados Unidos, 1994)

É tetraaaa, é tetraaaa! Nossa, seria essa a melhor Copa de todas – pelo menos para, nós, os brasileiros? A suada vitória do Brasil contra a Itália na emocionante final deixou um gostinho de merecimento! Nesse contexto a quase gospel Gloryland, do norte-americano Daryl Hall com a banda Sounds of Blackness, e música oficial da FIFA, com sua letra de superação conseguiu embalar vários momentos do título. E, bem, eram os anos 1990, né, as baladas estavam em seu auge, que o digam Whitney Houston e Mariah Carey! Mas não dá para esquecer, também, do outro hino que brilhou demais nos corações tupiniquins: Coração Verde Amarelo emocionou, fez todos cantarem em coro e até hoje é o tema do futebol da Globo.

4. Gianna Nannini & Edorado Bennato – Un Estate Italiana (Itália, 1990)

Uma das canções mais emocionantes de todas as copas! Antes das produções para o Mundial começarem a ficar ‘pasteurizadas’ e genéricas, este hino, composto e produzido pelo cultuado italiano Giorgio Moroder, considerado um dos pais da música eletrônica, tocou fundo nos corações dos torcedores naquele ano. Conquistou o topo das paradas na Itália e sucesso na Europa. Clássico!

3. Ricky Martin – La Copa de La Vida (França, 1998)

1998 foi um ano estranho e com certeza, nós brasileiros, preferimos esquecer tudo o que aconteceu naquela Copa (não é, Ronaldo?), mas uma coisa é inegável: Ricky Martin fez todo mundo torcer, dançar e curtir demais a canção La Copa De La Vida, um dos maiores sucessos de sua carreira e primeiro lugar em diversos países, entre eles a Alemanha, terceiro maior mercado do setor. E, ó, nem precisa falar inglês para cantarolar o refrão pegajoso: ‘Go, go, go. Olé, olé, olé!’

2. Ivete Sangalo – Festa (Brasil, 2002)

Simplesmente *A* canção da conquista do pentacampeonato pela Seleção Brasileira! A música, até hoje uma das mais lembradas e bem-sucedidas de Ivete, fez tanto sucesso que era, inclusive, usada pelo técnico Luiz Felipe Scolari para motivar seus jogadores antes dos jogos. A letra casou perfeitamente com o momento de euforia que a população brasileira viveu e fez da cantora baiana a responsável por receber, de cima do trio elétrico, a comitiva do penta em sua volta para o Brasil.

1. Shakira – Waka, Waka (África do Sul, 2010)

Ok, como no caso da canção oficial da Copa de 2014, We Are One, Shakira também recebeu muitas críticas por tirar o brilho dos artistas africanos, que naquele ano sediavam o Mundial, porém Waka, Waka passou incólume por isso. É, sem dúvidas, a maior canção em termos de alcance e sucesso que uma Copa já produziu. Tanto que o vídeo da música é até hoje, quatro anos depois de lançado, um dos 10 mais vistos do Youtube. Ultrapassou os limites de um Mundial e virou sucesso global.