Totia Meireles de bem com a vida

'Alto Astral': o nome da novela das 19h não tem nada a ver com a personagem Adriana, mas combina bastante com a atriz Totia Meireles. Ela encara a vida com uma leveza que deve ser copiada!

A personagem Adriana, interpretada por Totia Meireles, não é das mais confiáveis em Alto Astral. Primeiro, ela tem uma ligação muito esquisita com a morte do pai de Laura (Nathalia Dill) e faz de tudo para esconder isso dos outros. Segundo, ela finge ajudar Scarlett (Mônica Iozi), mas parece que só quer mesmo saber é do dinheiro que a sobrinha vai ganhar de herança. Por outro lado, Adriana parece sentir culpa pelas coisas erradas que faz e há quem desconfie que ela vai se tornar boazinha antes do fim da novela das 19h. Vai saber, né?

A atriz por trás da vilã é o oposto disso tudo. Responde às perguntas sorrindo e tem um jeito próprio de ver o amor: sabia que ela é casada há 25 anos e faz questão de manter o casamento em casas separadas? Batemos um papo gostoso com ela sobre relacionamento, espiritualidade, beleza… Confira:

 Deus é uma força do bem. É fazer coisas boas. É isso que toda religião prega, não é?

Totia Meireles, 56 anos

Você tem alguma religião?
Fui criada no espiritismo. Não digo que sou espírita porque não sigo a doutrina. Minha mãe é kardecista. Tinha culto lá em casa todo domingo… Mas não creio em tudo o que o espiritismo prega. Não posso falar que sou espírita por isso: tenho ressalvas.

Quais são suas ressalvas?
Sinto que o espiritismo diz que você tem que sofrer para melhorar, e não acredito nisso. Mas acredito na reencarnação. Até porque é muito injusto uma pessoa nascer pobre, sem recurso ou com alguma deficiência e outra nascer com todas as coisas do mundo, em uma família maravilhosa.

E em Deus você acredita?
O que é Deus? Não sei se acredito em uma pessoa superpoderosa, mas em uma força superior com certeza. É a força do bem! É fazer coisas boas. No fundo, é isso o que toda religião prega.

Você tem sensibilidade? A ponto de ver espíritos, essas coisas?
Infelizmente não, mas a minha mãe recebe, minha irmã vê… Que inveja!

O que acha da astrologia?
Ah, acredito muito! Se os astros são capazes de mexer com a maré e com o mundo, que dirá com a gente. Sempre faço mapa astral e dá certo. É claro que não é algo que determina seu futuro, mas te faz ter um cuidado maior com a vida. E aponta o que você tem que fazer para ser uma pessoa melhor. Nada é por acaso, eu não acredito em acaso! Sei que estou aqui para cumprir algo. O que devo cumprir eu não sei [risos]. Mas acho que cada um tem a sua cota do que deve ser feito. Se você cumpre ou não, é problema seu.

E o casamento como está?
Estou superfeliz. Assim como na novela, em que os dois personagens se encontram, têm uma coisa em comum, se identificam e são almas gêmeas de outras vidas, isso aconteceu comigo. Dois dias depois de conhecer meu marido, eu disse: tenho certeza de que vou casar com ele. E é uma coisa louca, nós já estamos juntos há quase 25 anos. Este ano vamos fazer bodas de prata.

Foi amor à primeira vista?
Eu não digo que foi amor à primeira vista, porque amor é uma coisa muito forte, conquistada. Mas que foi uma identificação à primeira vista, isso foi, com certeza.

Ela fala sobre os personagens marcantes

Em América, de 2005, com Marcos Frota: “Foi um divisor de águas na minha carreira”

Rafael Campos Rafael Campos

Rafael Campos (/)

Em Fina Estampa, de 2012: “Era uma curtição ter o Wolf Maya como marido”

Alex Carvalho/TV Globo Alex Carvalho/TV Globo

Alex Carvalho/TV Globo (/)

Com o elenco de Que Rei Sou Eu?, de 1989: “Entrei para fazer uma cena e fiquei”

Alan Teixeira Alan Teixeira

Alan Teixeira (/)

Em Alto Astral, como Adriana: “Até hoje não sei muito sobre essa personagem”

Renato Rocha Miranda/TV Globo Renato Rocha Miranda/TV Globo

Renato Rocha Miranda/TV Globo (/)

Segredinhos de beleza de Totia

  • Ela pinta o cabelo de 20 em 20 dias, procura usar um bom xampu e faz hidratação toda vez que vai ao salão.
  • Sempre tira a maquiagem, passa cremes e protetor solar…
  • Começou a ter aulas de dança aos 6 anos. “Minha musculatura é toda moldada pelo balé. Faço até hoje. Quando fico um tempo parada e volto, sinto que fico mais alongada, mais afinada. Em uma semana muda tudo, já vejo os resultados! Dançar me dá disciplina, postura e elegância”, diz.
  • “Já fiz vários tratamentos de pele, como preenchimento. Sou uma pessoa que faz caretas para falar, as rugas aparecem em dois segundos. Eu tento amenizá-las. Afinal, tenho 56 anos e ninguém fica imune.”
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s