Uma tarde com o furacão Calypso

A repórter Diana Carla bateu um papo com um dos maiores fenômenos da música brasileira

Joelma e Chimbinha estão completando
10 anos de carreira
Foto: Fábio Guinalz/ AgNews

Meu encontro com Joelma e Chimbinha, a vocalista e o guitarrista de uma das bandas mais famosas do Brasil, a Calypso, tinha hora e local marcados: quarta, 28, às 12 h, em uma coletiva de imprensa do casal em São Paulo. Fundadores e principais integrantes do grupo, eles estiveram na cidade para divulgar a marca de um refresco em pó. 

Cheguei ao lugar combinado ansiosa por entrevistar a espevitada cantora e o músico, considerado um dos melhores do segmento por especialistas e admiradores. Entrei e percebi que alguém se arrumava em uma sala, mas não tive acesso. Espiei de rabo de olho e vi uma cabeleira loira, que só podia ser de Joelma. Tentei enxergar mais algum detalhe que denunciasse a presença dela e do marido, porém fui impedida por uma moça. Enfim, desisti e resolvi esperar ali mesmo. No espaço reservado aos jornalistas, muitos fotógrafos, repórteres e câmeras de TV tentavam encontrar a melhor cadeira. Sentei e esperei.

Sintonia em casa e no palco

Quinze minutos depois, Joelma, estonteante, surgiu de mãos dadas com o marido e parceiro, Cledivan Almeida Farias, ou melhor, Chimbinha. Meio tímido ainda, o casal atravessou o salão e foi seguido pelos profissionais que tanto aguardavam a chegada deles. Era impossível não olhar para o caprichado modelito da loira, sua marca registrada: bota altíssima até a metade da coxa, microssaia e top com brilho, muito brilho. Ficar frente a frente com aquele furacão de mulher que dá um show em cima dos palcos com coreografias extravagantes e cheias de suingue, que só de ver a gente fica tonta, me deixou um pouquinho nervosa. Mas bastou eles começarem a falar para eu perceber a simplicidade e simpatia dos dois. 

Assistimos ao filme do comercial, no qual ela canta e ele toca guitarra bem ao ritmo de Calypso. Na sessão de perguntas, logo após a exibição da propaganda, Chimbinha surpreendeu respondendo mais do que a mulher. Quer dizer, tagarela o guitarrista não é. Quando falava era baixo e devagar, bem calmo. Depois, ele confessou ser a tranquilidade – e o “faz- tudo” – da dupla. “Enquanto ela está agitada, fico pensando para resolver tudo certinho. É esse o segredo do nosso sucesso”, contou o artista. Agora, se o assunto é a filha, Yasmim, de 4 anos, o pai zeloso perde a pose. A garotinha fez uma participação no novo CD da Calypso cantando Luz de Deus com a mãe, e já escolheu a profissão que vai seguir: a dos papais famosos. Joelma também fica toda prosa quando fala da caçulinha (ela também é mãe de Yago, 12 anos, e Nathália, 18). “A Yasmim gosta tanto de cantar que pediu para o pai gravar o disco dela. Quando ela me vê no palco fica muito emocionada. É algo especial pra ela”, revela a musa. Se a gatinha puxar o talento da dupla, logo estará nas paradas de sucesso.
 
Outro assunto que bombou durante a entrevista foi a comemoração dos 10 anos da banda. Criada em 1999, o conjunto começou com a união da paraense com Chimbinha, que ia produzir o seu primeiro disco-solo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s