Vidas em Jogo: Carlos é acusado de ter matado Belmiro e Hermê

Tentando proteger Rita, Zizi acaba fazendo com que as suspeitas deste e de outros crimes recaiam sobre o ex-policial

A confusão estará armada quando o cafetão Armando acusar Carlos de assassinato
Foto: Divulgação/Rede Globo

Com medo do assassino que ronda a turma do bolão e sua filha, Rita (Julianne Trevisol), Zizi (Lucinha Lins) pede ao antigo cafetão Armando (a emissora não forneceu o nome do ator) que descubra quem colocou a bomba no restaurante de Severino (Paulo César Grande).

Dias depois, o malandro procura Zizi e garante: tem provas de que Carlos (André Di Mauro) é o tal criminoso. Assustada, a mulher conta tudo o que sabe a Francisco (Guilherme Berenguer), Augusta (Denise Del Vecchio),  Andréa (Simone Spoladore) e Lucas (Marcos Pitombo). E implora ajuda para alertar a herdeira. Os cinco fazem uma reunião e chamam Rita para conversar. Só que a jovem leva Carlos, e aí a confusão está armada!

Vidas em Jogo: Carlos é acusado de ter matado Belmiro e Hermê

Belmiro e Hermê morreram na explosão no restaurante de Severino
Foto: Divulgação/Rede Globo

Zizi o acusa de ter matado Hermê (Bia Montez) e Belmiro (Ricardo Petraglia) e diz que Armando pode provar isso. Desesperado, Carlos tenta se justificar e Rita acredita nele. No outro dia, o ex-policial marca um encontro com Armando. Francisco e Augusta fazem o mesmo. E quando os dois últimos chegam lá, encontram Carlos ao lado do corpo do cafetão, mortinho da Silva. Longe dali, Ernesto (Leonardo Vieira) chantageia Regina (Beth Goulart) e foge com R$ 5 milhões dela. Mas é seguido por Cleber (Sandro Rocha). E para escapar, pula numa lagoa. No entanto, é atingido pelos tiros do miliciano e seu corpo aparece boiando no dia seguinte.