22 erros que todo mundo já cometeu na cozinha

Que atire a primeira pedra quem nunca colocou todo o macarrão na panela pequena o/

Quando você começa a cozinhar, nem sempre vai acertar de cara. A comida pode ficar salgada, o corte não fica tão certinho e nada parece com a foto maravilhosa que você tem da receita. Separamos os principais erros (e como corrigi-los) para você arrasar:

Você não sabe cortar a cebola

Sim, você faz isso errado. Para evitar as lágrimas e cortar sem perder tempo, deixe a raiz da cebola. Corte na metade e depois na vertical. Junte a cebola e vá picando na horizontal. Junte de novo e pique normalmente. Confira o passo a passo de um minuto do chef Gordon Ramsay!

Você economiza na manteiga

Por que no restaurante é tão melhor? Simples: não vai uma colher só e sim uma quantidade generosa de manteiga para refogar os alimentos. Mas não deixe queimar na panela!

Você escolhe uma panela pequena para o macarrão

Esse é o real motivo para a sua massa ficar longe do al dente. Deixe um espaço para o macarrão cozinhar! Isso porque a quantidade de água, que é menor do que o necessário, vai demorar mais tempo para aquecer, a pasta gruda no fundo e o tempo perfeito de cozimento é ultrapassado.

Você guarda o tomate na geladeira

“Eu preciso de você”

Grande erro, grande erro. Levar esse fruto para o refrigerador faz com que ele perca o sabor natural, deteriorando mais rápido. Deixe na fruteira com a cabeça para baixo! Veja outros 11 alimentos que não vão na geladeira

Você esquece que a carne encolhe quando cozinha

Não, aquele pedaço de 1 kg não vai ficar tão grande quanto in natura. Conforme você vai cozinhando, o bife vai perdendo água, por isso, muda de tamanho.

Você não bate as claras em neve em recipientes perfeitamente limpos

Qualquer mini sujeira que possa ter ali, vai impedir que as claras fiquem lindas. Uma dica: use cremor tártaro para dar firmeza. E limpe bem a vasilha da batedeira!

Você corta a carne imediatamente depois de cozida

Esperar alguns minutos antes de cortá-la ajuda a manter aquele suco dentro da carne.

Você tem pressa

Fogo alto é um inimigo da perfeição na cozinha. Quando você usa fogo médio ou baixo, o ingrediente tende a cozinhar mais lentamente, porém, igualmente.

Você coloca um prato gelado direto no forno quente

O ideal é deixar a comida ficar em temperatura ambiente, pois isso evita que ela fique despedaçando.

Você só tem uma faca boa

Aquela que você usa para cortar a carne também serve para picar a cebola, cortar o pão, o queijo… Além do risco da contaminação, você vai ter trabalho em dobro se não usar uma faca bem afiada e específica para cada função.

Você não prova enquanto cozinha

Claro, você não vai beliscar e usar a mesma colher ou garfo, mas é muito importante experimentar o que estiver fazendo. Dá para saber o quanto tem de tempero, açúcar e até o ponto correto do cozimento.

Você mistura demais massas

Bolos, biscoitos e outras massas não precisam ser misturadas com muito vigor. O ideal é apenas garantir que fique tudo homogêneo, pois mexer demais faz com que ela crie uma elasticidade que a deixa dura depois de cozida.

Você não acerta fazer ovo cozido

O grande problema daquele ovo com a clara dura e a gema meio verde é a água que aquece demais e aí cozinha mais por fora do que por dentro. Cubra os ovos com água fria e deixe em fogo alto até que comece a ferver. Desligue, retire do foto e tampe a panela por 10 minutos. Se não for descascar imediatamente, deixe-os em uma vasilha com água gelada.

Você fica virando a comida na panela

Empanados precisam de tempo para que a crosta fixe na comida. Ficar mexendo e revirando impede que isso aconteça! Quer saber quando é a hora de virar? Tente colocar a espátula embaixo: se ela deslizar sem problemas, é o ponto certo; se não, deixe mais uns minutos.

Você pula a parte do choque térmico dos vegetais

Depois de cozinhá-los na água quente, é essencial colocar seus vegetais (aspargos, brócolis, vagem) em uma vasilha com água gelada. Desse jeito você mantém a cor vibrante, a textura levemente crocante e macia.

Você não salga as carnes quando deixa marinando

Receitas que são marinadas normalmente levam sal no preparo, mas o grande problema é que a carne só absorve uma parte dessa marinada. Prefira salgar o prato diretamente.

Você espera a comida esfriar para colocar na geladeira

Esse hábito bem antigo não é mais válido hoje em dia: existem estudos que garantem que guardar os alimentos ainda quentes diminui o risco de contaminação.

Você lava a carne

Isso é um grande erro, pois faz com que a carne perca as proteínas nessa lavagem. Deixe fora da embalagem, tempere e cozinhe: quando aquecer, o calor mata as bactérias.

Você usa tábua de madeira

O problema da madeira é que ela pode favorecer a proliferação de bactérias, mesmo sendo muito mais charmoso ter essa tábua na cozinha. Prefira os modelos de vidro polietileno e altileno.

Você abre a lata de leite condensado e guarda na geladeira

Sobrou um pouco? Guarde em um pote com tampa na geladeira. Se deixar na lata, o leite condensado pode ser contaminado com os metais tóxicos da embalagem.

Você faz chantili sem deixar o creme de leite gelar

Além de uma vasilha bem limpinha, o produto precisa ficar gelado para endurecer. Antes de começar, deixe ele lá na geladeira por pelo menos 1 hora.

Você usa abacaxi fresco no recheio de bolos e cremes

Claro que fica uma delícia, mas você corre o risco de deixar um sabor amargo, característico do uso da fruta fresca. Ferva o abacaxi por cinco minutos, deixe esfriar e prepare o recheio.

☆ Pedras, cristais e rituais de proteção: saiba como usar ☆