6 drinques com cachaça diferentes de tudo que você já provou

A "branquinha" pode até não ser a sua favorita, mas ela pode ter um sabor especial para bebidas.

Todo mundo gosta de sair para beber uns ~bons drinques~ quando o final de semana chega. Às vezes, já começar as comemorações em um happy hour na quinta-feira – o que importa é ter uma bebidinha para acompanhar. No Dia Nacional da Cachaça (13/09), que tal dar uma chance para uma das maiores relíquias gastronômicas brasileiras?

Ordem e Prosecco

Divulgação Divulgação

Além do nome engraçadinho, esse drinque é uma boa opção para quem gosta de bebidas mais amargas. A combinação de cachaça com prosecco foge dos sabores doces, mas traz frescor.

Caipi Seu Dino

Divulgação Divulgação

Se você for do time da caipirinha, não tem problema: o segredo é usar ingredientes como caju e um xarope de gengibre para dar o toque.

Anita Garibaldi

Divulgação Divulgação

Não fosse suficiente ser colorido, esse drinque da chef Ana Luiza Trajano é tanto uma homenagem ao Brasil quanto a uma das mulheres mais incríveis da nossa história. Isso já deveria contar alguns pontos para você, no mínimo, experimentar, né?

Poseidon

Divulgação Divulgação

Há um bom motivo para este drinque levar o nome do deus grego dos mares: a cachaça é especial, além de ter um toque de ~folhas de ouro~. Sentiu o poder daí?

Wibanhattan

Divulgação Divulgação

Um jeito divertido de incluir a tradicional bebida brasileira na rotina dos drinques é repaginar clássicos. Essa versão, por exemplo, substitui o uísque pela cachaça. Pode ficar até mais leve, para quem não gosta tanto do sabor amargo.

Cariri

Tadeu Brunelli Tadeu Brunelli

Se você procura algo refinado, não precisa mais se preocupar: este drinque foi preparado pelo bartender Marcos Felix, o campeão nacional do World Class Brasil 2016, que escolhe o melhor bartender do país. Não tem como dar errado, não é?