9 dicas para não errar mais no suflê

A receita parece simples, mas para ele murchar basta um errinho :(

O suflê, de acordo com o químico Hervé This, é uma espuma de claras aromatizada com molho bechamel, ou creme de confeiteiro, na versão doce. A receita francesa significa, literalmente, “soprado”: ou seja, é um prato de extrema leveza e bem aerado. Na prova de eliminação da última terça-feira (28) no Masterchef Brasil, o participante Marcos (sim, aquele galã, bonitão, boa pinta etc) foi o eliminado, já que o seu prato não era, bem, um suflê.

Mesmo que leve poucos ingredientes e seu preparo seja aparentemente simples, acertar o ponto das claras, do forno e outros pequeninos detalhes podem mudar o resultado final. Não subestime a técnica dessa delícia “soprada”!

1. Em neve?

 (/)

Não bata as claras de menos. Deixe elas chegarem no ponto bem durinho, que não tem mais água sobrando: isso significa que ela foi incorporada com o ar e a proteína da clara. Outra sugestão valiosa é se certificar que o bowl da batedeira esteja absolutamente limpo – qualquer minisujeira pode atrapalhar.

2. Mão leve

Na hora de incorporar os outros ingredientes com as claras, coloque uma parte e mexa levemente, bem no centro e de cima para baixo, em movimentos circulares. Dessa maneira você não quebra as bolhas de ar.

3. Uma gema por vez

Sheila Oliveira Sheila Oliveira

Sheila Oliveira (/)

Não adicione todas as gemas de uma vez. Sério, isso acaba com o ar que você acabou de incorporar! Despeje uma a uma, fazendo com que se misturem bem. E se você quebrou uma ou outra, tudo bem: só não colocar de uma vez.

4. Pitadinha

Mario Rodrigues Mario Rodrigues

Mario Rodrigues (/)

Uma pitada de sal ajuda a estabilizar as claras. Ou então uma pitada de cremor tártaro, que funciona como uma espécie de fermento com as proteínas do ovo e permite que o ar não se vá tão rapidamente.

5. Combinações exatas

Ormuzd Alves Ormuzd Alves

Ormuzd Alves (/)

Aposte em uma boa escolha de ingredientes para o suflê. As claras tendem a mascarar os sabores, mas não dá para usar alimentos muito “pesados” que destruam a leveza do prato. Vá de frutos do mar, queijos, vegetais que não soltem água quando cozidos, cogumelos ou carnes bem picadas.

6. Forma ideal

Use ramequins (aqueles potinhos de porcelana lindos) untados e polvilhados para assar os seus suflês. São charmosos, mas também permitem que ele cresça em uma forma de tamanho adequado. E preencha somente 2/3 para evitar que transbordem!

7. Crosta anti-evaporação

Caio Saito Caio Saito

Caio Saito (/)

Faça uma crosta de queijo ou açúcar por cima do suflê. Isso evita que a  água evapore e o suflê murche.

8. Na hora de assar

Leve para assar, em forno preaquecido, a 220 °C por 16 a 18 minutos. Só abra o forno quando eles estiverem dourados! A mudança de temperatura faz o prato murchar, fué sad

9. Será que está pronto?

Dulla Dulla

Dulla (/)

Para verificar o ponto de cozimento, insira um palito levemente na lateral do ramequim. Se sair limpo, pode ser servido – claro, imediatamente.

Já tá se sentindo inspirada? Então aproveita para conhecer 40 receitas doces e salgadas de suflê e testar em casa!

☆ Será que seu signo tem a ver com o signo do crush? Entenda o que é e do que fala a sinastria ☆