Agnolotti de abóbora com queijo-da-canastra e castanha-do-pará ao bechamel de coco

Nível de dificuldade: Médio, Categoria: Massa

Com as mãos, misture a farinha de trigo orgânica, a cúrcuma e o sal em uma bacia e dê o formato de um vulcão.

Acrescente no meio os ovos 1 fio de azeite e vá mexendo até formar uma massa homogênea – se necessário, adicione 1/4 de xícara (chá) de água.

Polvilhe um pouco de farinha de trigo e deixe descansar por 30 minutos.

Em seguida, acrescente novamente a farinha de trigo e vá abrindo a massa no cilindro do lado mais grosso para o mais fino.

Acerte as laterais retirando as arestas e, comum aro ou tampa, corte esferas de 10 cm cada uma e reserve-as em uma superfície polvilhada de farinha.

Prepare o recheio, descasque e retire as sementes da abóbora.

Cozinhe-a ao vapor até ficar macia e amasse-a com um garfo.

Misture em um recipiente o purê, o queijo ralado, a castanha-do-pará, o restante do azeite, o alho, o suco de limão e os temperos. Acerte o sal e reserve.

Pegue uma esfera de massa e coloque uma colher do recheio no meio, pincele um pouquinho de água na lateral e com os dedos pressione delicadamente em outra esfera até ficarem grudadas.

Cozinhe os agnolotti prontos em água fervente com sal por 1 ou 2 minutos.

O tempo de cozimento vai depender da espessura da massa, que deve ficar al dente. Se necessário, aumente o tempo.

Para o molho, bata o coco ralado com o restante da água no liquidificador e então coe em uma peneira fina.

Em uma leiteira, coloque a água batida com coco, as raspas de limão e o louro até levantar fervura.

Em uma panela de fundo grosso (para não queimar o molho), adicione o óleo de coco (ou manteiga) e acrescente a farinha de trigo.

Mexa levemente com uma colher de pau até dourar.

Feito isso, acrescente aos poucos a mistura leitosa de coco, sempre misturando com, um batedor (fouet).

Assim que o molho levantar fervura, abaixe o fogo e deixe cozinhar por alguns minutos.

Finalize com o sal, a pimenta e a noz-moscada.

Se ficarem grumos no molho, passe-o por uma peneira ou bata com um mixer.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s