Doces momentos: a história da Confeitaria Colombo

Livro conta a trajetória da Confeitaria Colombo, um marco do Rio de Janeiro cheio de memórias e pratos saborosos. As receitas do sucesso, você confere aqui

Muitos escritores, políticos e personalidades importantes passaram pela Colombo desde sua inauguração, em 1894.
Foto: Divulgação

Fundada em 1894, a Confeitaria Colombo viu passar por seus salões intelectuais, artistas e políticos do porte de Getúlio Vargas e Juscelino Kubitschek. Nas mesas do café, escreviam artigos, discutiam os rumos do país e, obviamente, comiam muito bem. Olavo Bilac, jornalista e poeta, adorava o camarão empanado, enquanto Machado de Assis preferia o folheado de queijo e presunto. “A Colombo se tornou um espelho da sociedade carioca em diferentes épocas”, afirma Renato Freire, atual chef do local. Ele discorre sobre esse e outros casos deliciosos no recém-lançado livro Confeitaria Colombo – Sabores de uma Cidade (Casa da Palavra), escrito também pelo historiador Antonio Edmilson Martins Rodrigues.

Bem como o Rio de Janeino, a confeitaria teve altos e baixos. Atravessou dificuldades nos anos 1970, mudou de proprietários, quase fechou as portas… E renasceu com o resgate do turismo cultural da capital fluminense. Ainda hoje, o imóvel, de arquitetura art nouveau, guarda ares da belle époque. Vive lotado de visitantes dos quatro cantos do mundo, ávidos para provar a coxa-creme, os doces portugueses, as tortinhas… As principais receitas da Colombo também estão no livro. De ler – e comer – rezando.

Mais de um século de delícias

Além da arquitetura histórica e imponente, doces típicos ajudaram a tornar a Confeitaria Colombo um ponto turístico obrigatório do Rio. O chef Renato Freire entrega alguns de seus segredos.

Doces momentos: a história da Confeitaria Colombo

Foto: Divulgação

Casadinhos

Rendimento: 200 unidades

3 ovos inteiros

24 gemas

1 kg de açúcar

600 g de farinha de trigo

50 g de amido de milho

6 claras

200 g de açúcar refinado

1 colher (café) de suco de limão

300 ml de água

1. Peneire os ovos inteiros e as gemas.

2. Bata-os na batedeira com 400 g de açúcar até obter um creme fofo.

3. Peneire a farinha e o amido três vezes.

4. Incorpore-os cuidadosamente ao creme de ovos.

5. Bata as claras com o suco de limão e 200 g de açúcar.

6. Misture as claras em neve ao creme de gemas.

7. Coloque a massa em um saco de confeitar.

8. Unte a assadeira e cubra com papel-manteiga.

9. Faça discos de massa iguais.

10. Asse em forno a 150 °C por 15 minutos.

11. Retire e deixe esfriar.

12. Para a calda, ferva por 3 minutos a água e 400 g de açúcar.

13. Pincele os biscoitos com a calda quente e deixe esfriar e secar.

14. Coloque o recheio ¿ que pode ser de doce de leite, goiabada ou geleia de damasco – no meio de dois biscoitos para formar o casadinho.

Doces momentos: a história da Confeitaria Colombo

Foto: Divulgação

Beijo amazônico

Rendimento: 25 unidades

800 g de leite condensado

200 g de polpa de açaí

40 g de manteiga

200 g de polpa de cupuaçu

1. Para preparar o brigadeiro de açaí, misture a polpa a 400 g de leite condensado e 20 g de manteiga em uma panela de fundo grosso.

2. Leve ao fogo médio e cozinhe, mexendo até que a massa se solte do fundo e das laterais.

3. Retire e despeje em um prato fundo.

4. Para o brigadeiro de cupuaçu, utilize a polpa de cupuaçu, o restante do leite condensado e da manteiga.

5. Repita o modo de preparo anterior.

6. Para a montagem, faça bolinhas de aproximadamente 30 g cada uma.

7. Junte o brigadeiro de açaí ao de cupuaçu para formar o docinho.

8. Passe por açúcar de confeiteiro e sirva.

Doces momentos: a história da Confeitaria Colombo

Foto: Divulgação

Tartelette de chocolate

Rendimento: 10 unidades

1 kg de farinha de trigo

400 g de manteiga gelada em cubinhos

300 g de açúcar refinado

1 colher (sopa) de essência de baunilha

4 gemas

100 ml de água gelada

250 g de avelãs torradas e sem pele

500 ml de creme de leite fresco

600 g de chocolate meio amargo picado

1. Para preparar a massa, coloque a farinha em uma tigela grande.

2. Adicione a manteiga e 250 g de açúcar.

3. Misture com as mãos até obter a consistência de farofa.

4. Acrescente a baunilha, as gemas e a água.

5. Misture sem sovar a massa, forme uma bola e leve à geladeira por pelo menos uma hora.

6. Abra a massa em fôrmas redondas pequenas.

7. Leve ao forno a 180 °C por cerca 20 minutos.

8. Para o recheio, triture as avelãs juntamente com 50 g de açúcar. Reserve.

9. Aqueça o creme de leite até quase ferver.

10. Despeje-o sobre o chocolate picado e cubra com filme plástico.

11. Deixe descansar por 5 minutos, retire o filme e mexa bem.

12. Acrescente as avelãs e misture.

13. Para a montagem, coloque o creme de chocolate na massa assada. Se desejar, decore com chocolate branco.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s