Queijo e vinho: o casamento ideal

Acertar os ingredientes e vinhos que combinam com diferentes queijos torna a degustação mais prazerosa

As baixas temperaturas são um convite a degustar queijos diferentes
Foto: Getty Images

Se há alguns anos era difícil encontrar tipos específicos de queijos para comprar no Brasil, hoje a árdua tarefa é outra: escolher quais levar para casa frente a prateleiras repletas de opções. Mais complicado ainda é saber qual tipo de queijo é ideal para degustar com seu vinho favorito, não é mesmo? Para ajudá-la nesta tarefa, ensinamos como combinar os queijos a ingredientes que ressaltam seus sabores e a vinhos que possibilitam harmonizações certeiras. Depois da leitura, basta colocar a tábua na mesa, chamar ao amigos e apreciar o melhor que o maravilhoso mundo dos queijos tem a oferecer.

Acertar os ingredientes e vinhos que combinam com diferentes queijos torna a degustação mais prazerosa.

1. Gorgonzola, mel e nozes

O doce contrasta com a picância do queijo e as nozes deixam a textura crocante. Aposte em vinhos de sobremesa, como o sauternes, feito de uvas que também tiveram ação de fungos.

2. Feta, rúcula e tomate

Por ser fresco, o feta funciona em saladas ou acompanhado de verduras, como a rúcula. Sirva junto de um vinho sauvignon blanc bem leve (como os do Novo Mundo).

3. Brie com damasco

As geleias de fruta combinam perfeitamente com o brie levemente aquecido. Opte por um vinho de uva chardonnay, não muito amadeirado, ou por um espumante.

4. Chancliche e torradas

Por ser pastoso, pode ser servido como patê sobre torradas crocantes. Os muito apimentados têm harmonização mais difícil. Para garantir, vá de pinot grigio ou sauvignon blanc.

5. Parmesão com azeite

Com sabor intenso, o parmesão do tipo grana padano deve ser apreciado cru ou sob um fio de azeite. Casa bem com tintos como o italiano chianti clássico, feito de uva sangiovese.

6. Edam com pão italiano

Mistura simples e certeira: o sabor levemente doce do queijo é acentuado pelo pão. Fica melhor ainda ao lado de vinhos brancos médios, a exemplo do chardonnay.
 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s