Top 5: vinhos para brindar a primavera, por Luciene Carvalho

Sommeliére mostra cinco rótulos bacanas para aproveitar a estação

Top 5: vinhos para brindar a primavera, por Luciene Carvalho

Texto
Foto:

Luciene Carvalho é a sommelière responsável pela adega da Ville do Vin (loja especializada em vinhos que conta com seis endereços na Grande São Paulo e mais um em Vitória, no Espírito Santo) mostra que a primavera é tempo de brindar. Quer desculpa melhor para ficar em casa e provar um bom vinho que a estação mais florida do ano? Veja as cinco dicas de Luciene:

Brunello di Montalcino Vitanza

“Com 100% de uvas Sangiovese, esse vinho amadurece em barricas de carvalho mínimo por ao menos três anos, mais seis meses em garrafa antes da comercialização. Possui cor rubi brilhante e intenso, bouquet complexo e rico com destaque para as típicas notas de madeira e especiarias. Taninos evidentes, potentes e intensos. Na boca lembra chocolate e baunilha.”

La Baume Gervey Chambertin

“Um grande vinho Pinot Noir da Borgonha, o Gevrey-Chambertin impressiona pela qualidade dos aromas. Com notas de frutas vermelhas em geléia como framboesa, e nuances tostadas como couro, chocolate e baunilha, muito bem integrados com o vinho. Na boca é sedoso e único, nota-se a complexidade e estrutura de um grande vinho. Um Gevrey Chambertim de nome e sobrenome.”

Matakana Estate Pinot Noir

“Um tinto elaborado com uvas selecionadas à mão dos vinhedos com melhor desempenho da região de Marlborough, na Nova Zelândia. De coloração vermelho profundo com nuances púrpuras e aromas de frutas maduras com destaque para cerejas pretas e framboesa, somados a notas de chocolate amargo, e violetas. Revela-se muito bem estruturado com taninos sedutores e sabores de ameixas e cerejas e pretas.”

Marchese Leopoldo Monferrato Rosso “Um Pinot Noir mantido em barricas de madeira de 12 a 14 meses, dependendo da safra. Apresenta um tom vermelho rubi brilhante e grande complexidade aromática, com notas de mirtilo, pequenos frutos vermelhos, especiaria e tabaco. Um vinho que acompanha bem pratos refinados, peixes e queijos frescos.” Marques de Casa Concha “Um legítimo chileno da vinícola Concha y Toro. Um pinot noir moderadamente encorpado, de cor rubi clara e brilhante e aromas de morangos e framboesa. Com notas de carvalho francês tostado, possui uma boa estrutura e um final longo e persistente.”