Uma marca quer te pagar para viajar pelos EUA e comer chocolate de graça

Além de se empanturrar com doces, o emprego dos sonhos de muita gente tem como objetivo principal promover o fim do trabalho escravo na indústria do cacau.

No ano passado, a Ferrero abriu várias oportunidade para trabalhar como provador dos produtos na fábrica e isso já parecia ser fantástico o suficiente, né? Mas a marca de confeitaria holandesa Tony’s Chocolonely resolveu realizar os desejos de muita gente e abriu vagas de emprego que são simplesmente um sonho. A empresa quer pagar um sortudo para viajar pelos EUA em um caminhão LO-TA-DO de chocolates (que podem ser consumidos sem dó alguma pelos funcionários).

A ideia fica ainda melhor quando aliada ao objetivo principal do projeto, que busca aumentar a conscientização sobre a luta da empresa para acabar com a desigualdade na indústria do chocolate, visando diretamente a escravidão moderna e trabalho infantil ilegal em fazendas de cacau, especialmente na África Ocidental. Mais um super motivo para concorrer à vaga, garota!

Mas não vá pensando que vai poder ficar sentada comendo doces o dia inteirinho, hein! Como a proposta carrega um assunto muito importante, o piloto do “Chocotruck” (algo como caminhão de chocolate, em inglês) ficará encarregado de uma série de atividades a ser realizada ao longo da viagem. Durante as paradas em cidades como São Francisco, Los Angeles e Chicago, o piloto precisará manter o estoque de doces sempre cheio, conversar com as pessoas sobre o trabalho da Tony para diminuir a desigualdade na indústria, enviar relatórios diários, entre outras funções.

Além do piloto, a empresa planeja contratar dois co-pilotos para dar uma força nessa missão. Como se não bastassem os deliciosos benefícios dispostos na vaga e um salário “muito competitivo”, segundo a direção da empresa, a Tony disse ainda que os funcionários poderão desfrutar de sessões de massagem e yoga mensais, além de receber uma boa quantia para gastar ao longo da viagem. É mole ou quer mais?

Para se candidatar, não precisa de experiência comprovada, não! Mas é necessário cumprir alguns requisitos, como estar autorizada a trabalhar legalmente nos EUA, ter mais de 21 anos, estar habilitada a dirigir um caminhão, ser capaz de carregar mais de 18 quilos repetidas vezes (afinal, são várias e várias caixas de barras de chocolate) e ser uma boa comunicadora para lidar com o público durante os 10 pontos de parada da viagem.

Se você se encaixa no perfil, não perca nem mais um segundo, as inscrições acabam no dia 14 de fevereiro e podem ser realizadas aqui (para a vaga de piloto) e aqui (para as vagas de co-pilotos).

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!