Comprar uma Birkin é melhor do que investir no mercado de ações

Queridinha de diversas celebridades, o clássico modelo da Hermès faz o seu dinheiro valer a pena!

A bolsa Birkin, da Hermès, é uma das bolsas mais exclusivas do mundo e, caso você consiga adquirir uma, não será um gasto impensado de dinheiro, inclusive será um belo investimento. Um estudo recente feito pela BagHunter (site que vende bolsas de luxo) mostrou que comprar um modelo desses pode ser mais benéfico para sua conta bancária do que comprar ouro ou investir no mercado de ações.

Os pesquisadores compararam o S&P 500 (um índice de valor de mercado composto por quinhentos ativos que leva em consideração o peso de cada um deles proporcional ao seu preço de mercado), ouro e a Birkin e compararam como o valor dos três mudou ao longo dos últimos 35 anos.

O mercado de ações teve um retorno real de 8,65% e o Ouro teve um retorno de -1.5%, já as bolsas Birkin tiveram um crescimento de 14.2% durante o mesmo período de tempo. As ações e o ouro são voláteis, seu valor aumenta e diminui toda hora, mas a Birkin só ficou mais valiosa. O pico foi em 2001, quando cresceu 25% em relação ao seu valor original, mas todos os anos demonstra um aumento. Ano passado, um modelo foi vendido pelo preço recorde de U$ 223,000 (quase R$ 700.000).

Mas por que essa bolsa é tão valiosa? Porque ela é rara! Existe uma lista de espera de anos para uma Birkin nova e isso levou a um “boom” no mercado de revendas. A revista Fortune indicou que você pode consertá-las sempre que necessário, o que quer dizer que elas podem ser repassadas para seus filhos, netos – ou podem ser vendidas em lojas online por milhões.