Comprar roupas plus size em loja de shopping é uma arte!

Perca o preconceito de comprar tamanhos grandes e vá ser feliz sem prender a respiração!

Toda vez que eu entro em uma loja comum, vem uma vendedora e me olha de cima a baixo. Acostumada, já nem ligo mais, sei que ela deve fazer aquilo com todas as mulheres que atravessam porta adentro.

Entro com dois sentimentos: primeiro, tenho muita esperança de encontrar a peça da vitrine para o meu tamanho; segundo, tenho muita paciência para vestir seja lá o tamanho que eu encontrar.

A vendedora se aproxima e, educadamente pergunta: “Posso ajudar?”. Como se ela pudesse realmente resolver meu sofrimento de entrar em lojas há mais de 10 anos procurando um tamanho que não fabricam, pobrezinha!

Sorrio e pergunto: qual é o maior tamanho dessa calça? Solícita, ela me dá um 44 ou, com sorte, um 46 – que ainda fica abaixo do que eu visto. Mas lembram dos dois sentimentos?

Entro com esperança e paciência e, dentro daquele provador minúsculo, começo a tirar minhas roupas. Let the games begin!

Estica, puxa, pula… Muito suor e lembro das minhas aulas de ginástica na academia. Vamos lá, só mais um pouquinho… Prendo a respiração e puxo com toda força a barriga. Ufa! Consegui fechar!

Saio igual a um robô para olhar o espelho do corredor e, como se ainda ficasse surpresa, percebo que não basta a calça fechar, aquela peça claramente não foi feita para o meu corpo com quadris largos, culote, gorduras laterais, coxas grossas e bunda, MUITA bunda.

Aí fico pensando, mas por que raios vou ficar sofrendo, me deprimindo e, pior, gastando meu suado dinheiro por um tipo de moda que não está nem aí para mim e nem liga para as particularidades do meu corpo?

Desencano das lojas convencionais, sento em frente ao meu lindo computador, abro minha pasta de referências de looks e começo a procurar apenas em lojas plus size online as peças que preciso para fazer boas composições.

Sabe a melhor parte? Não tenho o sofrimento da aprovação da vendedora, nem a ginástica do provador e muito menos a frustração de não ter do meu tamanho. Minha maior preocupação, na verdade, é ter uma fita métrica para medir minhas circunferências que são muito bem vistas e aceitas nas marcas plus size.

Depois, já vestindo meu look lindo e feito para o meu corpo, eu volto ao shopping. Dessa vez, para aproveitar aquele restaurante maravilhoso no andar de cima, sem me preocupar se depois de comer eu vou ou não entrar na minha calça jeans favorita.

Veja mais: Truques para não sofrer mais com o atrito entre as perna

☆ Pedras, cristais e rituais de proteção: saiba como usar ☆