De Louboutin à Jacques Janine: 14 marcas que apoiam projetos sociais

Existe parceria melhor do que aquela entre moda e causa social? Confira aqui as marcas que possuem projetos de arrecadação e auxílio a quem precisa mais!

Christian Louboutin

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

O mestre da sola vermelha se uniu à ONG La Maison Rose, pertencente à sua amiga de longa data Valérie Schlumberger, que age em prol das mulheres senegalesas, para criar a Africaba, tote produzida artesanalmente pelas próprias e que traz marcas registradas da África em seu estilo, como a geometria e as cores vibrantes. Parte de sua venda é revertida para a instituição, além do benefício de gerar atenção para a causa enquanto estimula e desenvolve os talentos artesanais da comunidade.

IWC Schaffhausen

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

A marca de relógios suíços promoveu em maio, juntamente com a top Adriana Lima, no Hospital Pequeno Príncipe de Curitiba, o maior pediátrico do país e mantido através da filantropia, uma oficina de desenho com as crianças em tratamento. Com a ajuda de André Mendes, autor das ilustrações que cobrem as paredes do hospital, elas criaram suas próprias interpretações sobre o que seria um momento de alegria. Um dos desenhos será selecionado e enviado à fábrica da relojoaria na Suíça, onde a imagem será gravada no verso de novo relógio Pilot Edição “Le Petit Prince”. Em seguida, a peça, única no mundo, retornará ao país para ser leiloada durante a Gala Anual do Hospital Pequeno Príncipe, no dia 25 de agosto, em São Paulo. A verba será revertida integralmente para o hospital brasileiro. 

Swarovski

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Durante a sessão da “Comissão sobre o Empoderamento Feminino”, que aconteceu em Nova York em março de 2015, a marca Swarovski comprometeu-se a apoiar a ONU Mulheres com uma doação mínima de £ 100 mil. Para isso, foi criada uma pulseira especial em cordão de seda e com um pingente de cristais – 30% do preço de venda é revertida para a causa.

Diane von Furstenberg

Desde 2010, a estilista e a Fundação Família Diller-von Furstenberg promovem uma cerimônia anual para premiar cinco mulheres – sendo uma delas escolhida pelo voto popular – que tenham se destacado pela sua força, liderança e ação social. Cada uma recebe US$ 50 mil para apoiar a instituição ao qual apoia. As famosas comparecem em peso e, inclusive, podem ser nomeadas, como Oprah Winfrey e Alicia Keys.

Jacques Janine

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Em parceria com a Laramara, Associação Brasileira de Assistência à Pessoa com Deficiência Visual, a rede de salões preparou uma oficina com dicas de automaquiagem voltada para quem não pode enxergar seu próprio reflexo no espelho. Com produtos Vult definidos em braile e comandada por Chloé Gaya, maquiadora e consultora de imagens do Jacques Janine, foram ensinados às participantes tópicos como o mapeamento do rosto e a identificação de técnicas que combinem com determinados traços. A primeira ação ocorreu em seis aulas, de maio a junho, e há previsão de uma segunda edição em breve.

Farm

Ao doar uma peça de roupa da Farm ou de qualquer outra marca, você ganha 10% de desconto na loja.  O projeto funciona em parceria com a ONG Atados e as peças doadas são entregues às instituições associadas.

Santa Lolla

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Em apoio ao Dia Mundial da Conscientização do Autismo, no dia 02 de abril, a marca desenvolveu três sapatilhas exclusivas para reverter as vendas às ações da AMA (Associação de Amigos do Autista), que incluem cursos, pesquisas, programas de capacitação e eventos com o objetivo de incluir o autista na sociedade. As vendas acontecem até o fim do estoque e estão disponíveis em todas as lojas do Brasil.

Mary Kay

Começou no início deste ano o projeto Primeiros Passos, que visa a alfabetização de mulheres em quatro cidades: Barueri (SP), Betim (MG), Belém (PA) e Campina Grande (PB). A princípio, 300 mulheres farão o curso e, após a conclusão, serão encaminhadas para continuar os estudos no EJA – Educação de Jovens e Adultos. A alfabetização permeia, ainda, temas como empoderamento feminino e violência doméstica.

M.A.C

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Em 1994, a marca fundou a M∙A∙C AIDS Fund para apoiar financeiramente organizações que trabalham com portadores de HIV. A arrecadação de fundos é feita até hoje com a venda da coleção Viva Glam, que conta com uma dupla de batom + lipgloss. A cada ano, uma personalidade é convidada para ser porta-voz da campanha e assinar os produtos – RuPaul, Pamela Anderson, Cyndi Lauper, Debbie Harry, Rihanna, Miley Cyrus, e Lady Gaga são apenas alguns nomes, sendo Arianda Grande a atual escolhida. Ao todo, já foram arrecadados mais de US$400 milhões!

Vizcaya

A marca mantém o projeto Vizcaya Contra o Câncer, que apoia a luta contra a doença e o resgate da autoestima de mulheres através de oficinas de beleza (com dicas de automaquiagem e técnicas para amarrar o lenço) feitas em parceria com a organização De Bem Com a Vida, coordenada pela ABIPHEC (Associação Brasileira da Indústria Perfumaria, Higiene Pessoal e Cosméticos). A ação concentra-se majoritariamente no Estado de São Paulo, mas também pode ser organizada em cidades distantes. Por fim, a marca também doa parte do valor das vendas da linha Keratina para a instituição.

Lush

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Dentro da linha de produtos da marca britânica há um hidratante chamado de Charity Pot. Como o nome indica, todo o valor arrecadado com sua venda é doado para uma causa. Uma não, várias: por meio de um formulário disponível no site, é possível candidatar um projeto com foco na preservação ambiental, nos direitos humanos e no bem-estar animal que esteja precisando de ajuda financeira. “Pode ser em qualquer lugar do mundo. Priorizamos os pequenos que realmente atuem diretamente na raiz dos problemas e que visem mudar as situações a longo prazo”, explica Renata Pagliarussi, diretora da marca no Brasil. Só no ano passado, o projeto arrecadou £ 5,6 milhões para apoiar causas ao redor do mundo. O Rio Doce Vivo e a ARCA (Aliança de Regeneração da Cultura), ambos ligados ao desastre de Mariana, são os mais novos projetos participantes no Brasil.

Oh! K

O e-commerce colaborativo comandado pela designer Karen Hofstetter, que busca dar visibilidade a marcas em início de carreira, lançou este ano o movimento Naked Lady com o intuito de estimular criações com a temática do feminismo. O projeto leva o nome popular da Amaryllis Belladona, flor delicada e venenosa, e convida mais de 30 designers, artistas e poetas a traduzir em produtos sua interpretação sobre os direitos da mulher. A madrinha da primeira edição é a Anacapri, que desenvolveu sapatos e bolsas com o slogan “o peito do pé também é livre”, e parte dos lucros totais da ação serão revertidas para a ONG Think Olga.

 

The Body Shop

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Parte dos lucros da venda da linha Oils Of life, lançada em março no Brasil e que dura globalmente até o ano que vem, serão redirecionados para financiar o programa Plante Uma Semente, que tem como meta plantar um milhão de sementes de espécies nativas em áreas degradadas da Floresta Protegida Cerro Blanco, no Equador.

L’Oréal Profissionnel

Sabia que 33 milhões de pessoas vivem com HIV no mundo, mas 60% delas nem desconfiam que estejam contaminadas? Essa realidade existe desde sempre e, com base nela, o grupo L’Oréal procurou a UNESCO para lançar seu Programa de Educação Preventiva Contra a Aids, lançada na África em 2001 e mundialmente em 2005. Apoiada pelo Ministério da Saúde aqui, a marca conscientiza por meio de cursos, participação em feiras e ações diversas, além de incluir um módulo sobre o tema no treinamento de seus cabelereiros – o objetivo é que usem sua voz como amigos próximos e confidentes das clientes para transmitir a mensagem. Por fim, em todo 1 de dezembro é realizado o Salão Solidário, em que todo o valor arrecadado com cortes em todo o Brasil é destinado à Viva Cazuza, que cuida de crianças e adolescentes com o vírus HIV.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s