De nu frontal a sexo real: as campanhas mais polêmicas da moda

Fizemos uma breve linha do tempo dos anúncios de moda mais ousados - e sexistas - de todos os tempos.

Mike Eckhaus e Zoe Latta, as cabeças por trás da marca Eckhaus Latta, surpreenderam o mundo da moda com sua mais nova campanha publicitária, isso porque as fotos contem modelos usando suas peças da coleção de Primavera 2017 enquanto fazem sexo real.

Segundo os designers, o processo para achar as pessoas que aceitariam fazer isso foi meio complicado, mas um amigo em comum que frequentava orgias foi o contato principal deles para que a campanha acontecesse. “Tinha que ser autêntico,” disse Eckhaus para a W Magazine. “Eu não acho que a ideia de os modelos apenas simularem sexo passou por nossas cabeças”.

O intuito principal da marca era tratar o sexo como algo comum e natural e não como algo fabricado, hiper sexualizado ou um tabu. “A ideia de que fizemos as pessoas ficarem famintas por imagens é fascinante para nós”, complementa Zoe.

Usando a ideia da marca, separamos algumas das campanhas mais polêmicas do mundo da moda:

Será que sexo realmente vende?