Moda usada por Carolina Dieckmann é sinônimo de conforto

Atriz é capa da revista ESTILO de outubro de 2010, e conta que evita peças que são o "último grito"

Carolina Dieckmann na capa de outubro de 2010 da revista ESTILO
Foto: Reprodução/ESTILO

A estrela da novela “Passione” Carolina Dieckmann não quer saber de usar roupas que estão na moda. A expressão “Maria vai com as outras” está definitivamente riscada do perfil da atriz de 32 anos, que garante estar mais segura do que nunca com suas escolhas fashion.

“Minha personalidade é a mesma, mas me sinto muito melhor hoje do que aos 20. Estou mais bonita, satisfeita e feliz”, afirma a artista, em entrevista à revista ESTILO de outubro, da qual é garota da capa. “Ao selecionar um livro, deixo de lado aquele que todo mundo está lendo. Com roupa é igual. Não quero o último grito, e sim o primeiro, aquele que mal saiu da garganta”, diz.

Carolina define seu estilo pela comodidade. “Minha única preocupação é passar o dia com peças confortáveis. No armário, tenho de tudo, então, ainda que a calça seja quase sempre jeans, o look que monto para sair de casa depende apenas do meu astral”, define. Quando acorda romântica, por exemplo, tira do cabide um top de tricô de tom bebê com manga bufante. Em vez dos habituais tênis e chinelos, calça sapatilhas.

Moda usada por Carolina Dieckmann é sinônimo de conforto

Carolina Dieckmann faz editorial fashion para a revista ESTILO
Foto: Reprodução/ESTILO

Mas, no geral, a regra de Carol é buscar as opções simples. “Diria que 80% das camisetas que uso no dia a dia são James Perse, marca que tem um algodão supermacio. A calça que veste melhor meu corpo é a Diesel. Na hora de comprar, priorizo itens básicos e descarto os frufrus”, resume.

Lojas como Osklen e Ateen também estão na lista das mais visitadas por Carolina. “Em algumas viagens, tenho surtos consumistas, a ponto de ficar arrasada quando vejo a fatura do cartão de crédito. Mas não sou garimpeira por natureza. Tanto que as etiquetas se repetem bastante no meu guarda-roupa”, diz.

O que não deixa passar batido são as vitrines de joalheria. “Toda vez que encontro uma, paro e olho.” Dá preferência a Jack Vartanian, designer cujo trabalho supre suas expectativas em relação a joias. Amante de anéis, ela costuma usar acessórios discretos. Os brincos que ela mais tem exibido lembram pontinhos de bebês. Porém não recusa um belo brilhante para se enfeitar em momentos especiais, como quando sai para jantar com o marido, o diretor de TV Tiago Worcman.

Assine a revista ESTILO

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s