Modelo russa morre após trabalhar 13 horas seguidas

Vlada Dzybua participava de um evento na China e não teria recebido ajuda médica necessária, mesmo estando doente.

Uma notícia triste sobre o mundo da moda tem agitado as redes. Segundo jornais internacionais como Daily Mail e The Siberian Times, a modelo russa Vlada Dyzbua, de 14 anos, morreu após entrar em coma por exaustão. Vlada teria trabalhado 13 horas seguidas durante um evento em Xangai, na China, mesmo já sofrendo com um quadro de meningite, que não foi levado em consideração por sua agência, afirmam os veículos.

 (/)

Ainda de acordo com os jornais, Vlada não tinha seguro saúde pela agência e era pressionada a não procurar ajuda médica. Ela ficou em coma por dois dias antes de falecer e sua mãe, Osaka Dzybua, relatou ter recebido ligações recentes da filha nas quais ela relatava estar “muito cansada, querendo dormir”. O caso aconteceu na semana passada.