O que é o Met Gala, ou Baile do Met, e por que se fala tanto nele?

O grande evento fashionista do ano acontece na segunda-feira, 06 de maio, e vai render notícias e fotos por semanas! Saiba tudo sobre o Met Gala 2019.

É tradição: toda primeira segunda-feira de maio (neste ano, ela cai no dia 6) acontece, em Nova York, nos Estados Unidos, o Met Gala 2019, também conhecido como Baile do Met. Esse é um dos eventos mais aguardados do ano para quem gosta de moda, porque reúne em um lugar só celebridades, modelos, estilistas e outros grandes nomes do segmento. O evento, que oficialmente se chama “Metropolitan Museum of Art Costume Institute Benefit” (ou, em português, “Evento Beneficente do Instituto de Vestuário do Museu de Arte Metropolitan”) tem como objetivo levantar fundos para o tal Instituto de Vestuário – algo como o departamento de moda do museu.

Além disso, o Met Gala também marca a abertura da exposição anual do Costume Institute, que a cada ano escolhe um tema para contemplar. Os convidados do evento aproveitam, então, para se vestir de forma mais ousada do que fazem normalmente nos tapetes vermelhos tradicionais. Se no Oscar ou no Globo de Ouro a principal preocupação é parecer linda, aqui, as celebridades podem parecer… fashionistas.

Beyoncé MET Gala China: Through The Looking Glass Beyoncé na edição “China: Through The Looking Glass” Costume Institute, em 2015

Beyoncé na edição “China: Through The Looking Glass” Costume Institute, em 2015 (Neilson Barnard/Getty Images)

É comum que estilistas tenham como acompanhantes uma supermodelo ou atriz vestindo uma de suas criações. Outras aproveitam o tema da exposição anual e do baile para se vestirem de acordo – seja usando o estilista homenageado ou fazendo uma referência à exposição de uma forma mais geral.

Qual o tema do Met Gala 2019?

Este ano o Costume Institute escolheu como tema a estética “Camp”, expressão americana sem significado exato, usada para tentar definir o amor por tudo aquilo que é extravagante, exagerado, não-natural. Na moda, o camp gira em torno de looks propositalmente irônicos, engraçados, fantasiosos, teatrais – e, vez ou outra, até considerados cafonas. Então, espere por muitas loucurinhas fashion – tanto na exposição, quanto no tapete vermelho do evento. A exposição “Camp: Notes on Fashion”, que estará aberta ao público de 09 de maio a 08 de setembro deste ano, segundo o curador-chefe do Instituto de Moda do MET Andrew Bolton, vai abrigar cerca de 200 itens de arte e moda, datados do século 17 aos dias atuais, que obedecem ao conceito “Camp”.

Nos anos anteriores os temas ora homenagearam um estilista, ora um país ou uma inovação. Em 2018, o tema foi “Heavenly Bodies: Fashion and the Catholic Imagination”, ou, em português, “Corpos Celestiais: Moda e a Imaginação Católica”. Sim, a exposição vai falar sobre a relação do catolicismo com a moda, e conta inclusive com roupas dos Papas, cedidas pelo Vaticano. Já em 2017, a estilista Rei Kawakubo e a marca Comme des Garçons foram homenageados; em 2016, a moda na era da tecnologia, e em 2015, China: Through the Looking Glass (ou “China através do espelho”).

Gisele Bundchen e Tom Brady no MET Gala Gisele Bündchen e Tom Brady sendo lindos no tapete vermelho do Met Gala 2017.

Gisele Bündchen e Tom Brady sendo lindos no tapete vermelho do Met Gala 2017. (Dimitrios Kambouris/Getty Images)

Quais famosos estarão por lá?

O Met Gala é um dos eventos mais estrelados do ano, e o tapete vermelho é comparável ao Oscar. Este ano,  Lady GagaHarry StylesSerena Williams e Alessandro Michele, diretor criativo da Gucci, serão os anfitriões e estão confirmadíssimos na festa.

Looks Rihanna MET Gala O icônico vestido de Guo Pei que consagrou Rihanna como a mais interessante celeb a passar pelo MET Gala na atualidade. Foi na edição de 2015, “China: Through The Looking Glass

O icônico vestido de Guo Pei que consagrou Rihanna como a mais interessante celeb a passar pelo MET Gala na atualidade. Foi na edição de 2015, “China: Through The Looking Glass (Larry Busacca/Getty Images)

Outras celebridades já confirmadas: Chadwick BosemanKaty PerryPriyanka Chopra e Nick JonasBlake Lively e Ryan ReynoldsBradley CooperLena WaitheLupita Nyong’oJennifer Lopez e Alex Rodriguez (só para citar alguns). Rihanna, que costuma ser campeã de looks bafônicos para o Met Gala, é outra celeb aguardada, assim como as mulheres do clã Kardashian-Jenner.

Quanto custa um convite para o Met Gala?

Como explicamos, o Met Gala é um evento beneficente – e o dinheiro é arrecadado por meio dos convites para a festa. Em 2018, o convite individual custa 30 mil dólares, e a mesa, para reunir uma turminha, 275 mil dólares. Todo o dinheiro dos convites vai para o Costume Institute, já que a festa e a exposição são 100% patrocinadas. Em 2017 foram arrecadados mais de 12 milhões de dólares. Sim, em uma noite só.

Kim Kardashian e Kanye West Kim Kardashian e Kanye West na edição de 2016, “Manus ex machina”

Kim Kardashian e Kanye West na edição de 2016, “Manus ex machina” (Mike Coppola/Getty Images)

Mas não basta ter essa pequena fortuna para ir ao Met Gala. O evento é extremamente disputado, e você só pode comprar um convite se for convidado para fazer isso – ok? E mesmo se alguém que você conhece conseguir entrar nessa seleta lista e comprar, digamos, uma mesa, ela não pode convidar qualquer pessoa que quiser – precisa passar pelo crivo da poderosa editora de moda Anna Wintour, principal anfitriã do Met Gala.

Ok, mas depois do tapete vermelho, o que acontece?

Aí está algo misterioso. O Baile do Met não permite que os convidados façam posts nas redes sociais – e as pessoas em geral respeitam, com medo de não serem convidadas no ano seguinte. Mas o que se sabe é que quem vai ao Met Gala pode visitar a exposição em primeira mão, e depois vai para a festa e o jantar. A noite sempre conta com algum show, e especula-se que esse ano Taylor Swift seria a grande atração.

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.