Quais looks as personagens de ‘Gossip Girl’ usariam hoje?

10 anos depois da estreia, uma pequena retrospectiva da importância fashion do seriado adolescente.

OMG! Nem dá para acreditar, mas a série que fala dos escândalos da elite de Manhattan foi ao ar pela primeira vez há exatos 10 anos.

Leia Mais: 41 coisas que seriam diferentes se ‘Gossip Girl’ fosse feita hoje

Sim, “Gossip Girl”, em 2017, completa ~bodas de estanho~ e é natural revisitar alguns aspectos mais icônicos de um seriado bastante querido por uma geração. Mas, acima de análises da qualidade do programa ou do caráter de alguns personagens, talvez, a coisa mais importante sobre o show seja a forma como ele tratou a moda e, principalmente, como influenciou o mercado fashion.

Blair Waldorf, Serena van der Woodsen e Jenny Humphrey.

Blair Waldorf, Serena van der Woodsen e Jenny Humphrey. (Divulgação/)

Saias quadriculadas, acessórios de cabeça, trench coats, camisas… “GG” fez do look preppy/ colegial algo cool, mas mais do que isso: ajudou a impulsionar toda uma engrenagem fashion, posto vago desde o fim de “Sex and the City”. Não à toa , Eric Daman, o stylist responsável pelas produções de sonho e o sucesso delas, havia trabalhado com Patricia Field, a lendária figurinista do hit da HBO protagonizado por Sarah Jessica Parker.

Leia Mais: Chuck Bass era, na verdade, a pior pessoa de ‘Gossip Girl’

Nas primeiras temporadas, apesar da série nunca ter se tornado um estouro de audiência, por exemplo, todo mundo queria saber quais os looks usados pelas protagonistas – e a própria CW, emissora responsável pelo programa, disponibilizava um site com essas informações. Diversas lojas assistiram as vendas crescerem depois de uma peça X aparecer no show. As bolsas de mão viveram um boom! Designers, até então pouco conhecidos, como Mary Katrantzou, explodiram após terem sido mencionados no programa. E até a cantora Lady Gaga, na fase mais fashionista dela e no auge da carreira, fez uma participação. Todo mundo queria fazer parte da rotina escandalosa daqueles jovens de Nova York.

Leia Mais: Blake Lively usou, provavelmente, o vestido mais bonito de todos os tempos

As atrizes principais, claro, rapidamente também foram alçadas ao posto de musas fashion. Blake Lively, ainda hoje uma das queridinhas do tapete vermelho, e Leighton Meester, na época, eram algumas das convidadas mais aguardadas do famoso Baile do MET e, obviamente, a atenção era sempre voltada às produções usadas por elas. Além disso, o corte de cabelo da intérprete da Serena van der Woodsen se tornou um dos mais copiados de todos os tempos, batendo de frente com o inesquecível “Rachel”, eternizado por Jennifer Aniston na década de 1990.

E o mais interessante? Os looks usados pelos jovens do Constance, 10 anos depois, continuam modernos, inspiradores e relevantes. O motivo? Enquanto a moda dos anos 2000 fazia um caminho, os figurinistas escolheram outro: mais ousado, fashionista, cheio de truques de styling e, acima de tudo, inspiracional. O segredo da longevidade.

Em honra a esse ~legado fashionista~, resolvemos imaginar como seriam os looks das personagens principais em 2017 (deixamos a Vanessa de fora por motivos óbvios). O estilo de cada uma, lógico, permaneceu intacto.

Blair Waldorf

Gucci, Chanel e Elie Saab

Gucci, Chanel e Elie Saab (Ilê Machado/MdeMulher/Getty Images)

A melhor palavra para definir o estilo de Blair Waldorf (Leighton Meester), a queen B. do Upper East Side, seria polidez. A inspiração para os looks dela?Anna Wintour, a toda poderosa diretora da Vogue, e todo o glamour dos filmes antigos de Hollywood, como “Bonequinha de Luxo”, o longa favorito da personagem. Preppy, adorava vestidos rodados, sapatos de boneca e, bem, claro, inseparáveis tiaras, símbolo de poder no Constance. Atualmente seria fã de Gucci, Chanel e Elie Saab.

Serena van der Woodsen

Gucci, Elie Saab e Chanel.

Gucci, Elie Saab e Chanel. (Ilê Machado/MdeMulher/Getty Images)

Serena (Blake Lively), ao contrário de Blair, sempre foi a garota moderna do seriado. Sexy, fashionista, sempre descobrindo novos designers, a personagem estava para a TV como Rihanna está para a vida real. E o cabelo era uma estrela dos looks por si só. De acordo com Eric Daman, stylist do programa, a inspiração para o estilo da personagem sempre foi Kate Moss e as produções cool e sem esforço dela. Gucci, Vetements, Proenza Schouler e a nova Dior estariam entre as grifes favoritas dela em 2017.

Jenny Humphrey

Gucci e Saint Laurent.

Gucci e Saint Laurent. (Ilê Machado/Getty Images/MdeMulher)

Jenny (Taylor Momson) viveu a transformação mais drástica no seriado – na personalidade e, principalmente, nos looks. De garotinha inocente, para rainha gótica do Upper East Side. Muita máscara nos olhos, vestidos justos, meia arrastão e atitude rock’n roll estavam no pacote e ela sabia usar uma bota acima dos joelhos como ninguém. Era a preferida das garotas rebeldes! A irmã de Dan provavelmente seria uma grande cliente de Rodarte, Gucci (todas as garotas estilosas querem usar!), e Saint Laurent na era Hedi Slimane.

XOXO