Você sabe o que é consumo consciente? Motivos para adotar JÁ!

"Precisamos mesmo da nova saia da moda?"

Nos últimos tempos, muito tem se falado sobre consumo de forma consciente, mas você sabe mesmo o que significa? É mole! Nada mais é do que pensar muito bem na hora de escolher o que comprar, de quem comprar e como irá usar e descartar esses produtos, já que TODO consumo causa algum tipo de impacto.

Vivemos em um mundo onde a humanidade já consome 30% mais recursos naturais do que a capacidade de renovação da Terra. É, tá mais do que na hora de todos refletirem sobre o tema. A gente listou alguns motivos para provar que compensa, sim, pensar antes de comprar.

. .

. (/)

Você fica menos impulsiva.

Quando você decide – já que é uma questão de hábito – ser uma consumidora consciente você faz menos compras por impulso. Já que é preciso planejar, pesquisar e conhecer a procedência dos produtos antes de comprar. A famosa pergunta “eu preciso mesmo disso?” passa a ser o seu lema de vida. 

Leia Mais: Iniciativas que mostram como o consumo de moda está mudando

E enonomiza.

Menos impulsividade e mais planejamento na hora da compra é = economia. Além disso, quando você começa a se perguntar se realmente precisa das coisas, vai ver que, talvez, não necessite mesmo.

Fica mais criativa.

Acabou aquela história de comprar roupa nova toda semana, né? E o motivo é muito simples: o planeta não tem mais recursos suficientes Por isso, ao se tornar uma consumidora consciente, você fica mais criativa e passa a, principalmente, trabalhar com o que tem no armário. E é aí que a mágica acontece porque você vai ver que é possível criar, sim, diversos looks com poucas peças. Não sabe como começar? Tentar o método Marie Kondo pode ser de grande ajuda. Ei, já pensou em alugar roupas, por exemplo? É uma boa também e, ah, e humanidade agradece!

Você não compactua com crimes contra seres humanos.

Sim, a gente sabe: é MUITO mais barato comprar a saia da moda na fast fashion, mas outra coisa que a gente sabe é que nem sempre preço baixo significa qualidade. E pior: preço baixo muitas vezes significa trabalho escravo. São inúmeros os casos de pessoas trabalhando em situação análoga à escravidão apenas para satisfazer nossos desejos consumistas. Uma alternativa? Comprar na loja do bairro. Outra? Usar ao máximo as peças que já tem. Consumo consciente é pensar no outro, é não financiar crimes contra os seres humanos.

E crimes contra a natureza.

O documentário, presente no Netflix, The True Cost é bem claro: além de fazer refletir para aquela roupa chegar até sua casa pessoas estão pagando com a própria vida, o planeta não aguenta mais o consumo desenfreado. Quanto mais produtos no mercado, mais lixo, mais gases de efeito estufa, desmatamento… Porque absolutamente TUDO o que você consome emite gases tóxicos, queima combustível e, principalmente, gasta muita água. Um exemplo? Diariamente, são coletadas 183,5 mil toneladas de lixo, de acordo com o Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), e, desse número, somente 31,9% são materiais recicláveis. Os próximos 10 anos serão decisivos quanto ao que será de nosso planeta, por isso, não dá mais para adiar consumir de forma consciente.

Começa a descobrir (e valorizar) a arte local.

A loja do bairro, a oficina de artesanato… O Brasil respira cultura a cada canto, por que não valorizar a nossa arte em vez de buscar a última tendência da semana de moda de Paris? 

E fica mais criteriosa!

Veja bem, você pode – e deve – fazer o que quiser com o seu dinheiro, afinal, trabalhou demais para tê-lo, mas o consumo consciente é uma questão de coletividade. O que é bom para o planeta? O que é bom para as próximas gerações? E ao adotar essa postura, de pensar antes de comprar, você passa a ser mais crítica. Tanto com aquilo que vai usar, quanto com a forma com que as empresas comercializam seus produtos.

. .

. (/)

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s