Descobrimos qual é o grande problema de Josiane em ‘A Dona do Pedaço’

Querer ser digital influencer é motivo para roubar a própria mãe?

Enquanto muitas novelas do passado apostaram em vilãs “distantes” das protagonistas, em ‘A Dona do Pedaço‘ a maldade divide o mesmo teto. Josiane (Agatha Moreira) é a filha maldita de Maria da Paz (Juliana Paes) e tem arrancado todo o dinheiro possível da mãe através dos planos mais absurdos do mundo, tudo porque quer ser uma grande digital influencer e acha sua mãe brega (sim, são esses os motivos). Porém, existe um grande motivo por trás de Josiane ser quem é, e cometer as maldades que faz, e nada tem a ver com o terrível bullying na infância de ter sido chamada de “filha da boleira“.

Filhas que odeiam mães não é novidade na teledramaturgia brasileira, e um dos maiores exemplos é o que rolou na novela ‘Vale Tudo‘. Neste sucesso dos anos 80, Raquel (Regina Duarte) era uma mãe batalhadora que fazia de tudo para sustentar a filha Maria de Fátima (Gloria Pires), mesmo com a menina tendo um claro desvio de caráter.

Como queria ser modelo, Maria de Fátima simplesmente vendeu a casa da mãe, com a mulher morando ainda lá, e partiu para o Rio de Janeiro em busca de sua vida de fama e celebs. Com uma mão na frente e outra atrás, Raquel também vai para a capital carioca e passa a ganhar a vida vendendo sanduíches bem transados na praia. No decorrer da trama, ela vai subindo na vida e tem alguns embates com a filha mal caráter.

Maria de Fátima (Gloria Pires), de "Vale Tudo" Maria de Fátima (Gloria Pires), de “Vale Tudo”

Maria de Fátima (Gloria Pires), de “Vale Tudo” (Globo/Divulgação)

Maria de Fátima tinha motivos para ser uma vilã que prejudicava a própria mãe, não que isso justifique suas atitudes. Pessoa humilde, ela havia se deslumbrado com a riqueza e ambicionava aquela vida de luxo que via nas revistas de famosos. O golpe dado em sua mãe foi uma aposta no sonho de ser modelo, de crescer na vida. E aí chegamos na principal diferença da personagem de Gloria Pires para a Josiane de ‘A Dona do Pedaço’.

Maria da Paz é uma empresária de sucesso, tem trocentas filiais de suas empresas e ostenta um apartamento gigantesco (porém cafona). Como dinheiro não falta, o plano de Josiane de arrancar o dinheiro da mãe não faz o menor sentido. Por que Josiane quer arrancar as fábricas da mãe se, na teoria, tudo aquilo já é dela de qualquer forma? Qual a intenção em roubar o sustento da mãe, sendo que sem esse sustento ela mesma não poderá se sustentar? E aí chegamos no verdadeiro problema da personagem: não é caráter duvidoso ou uma doença que a faz ser má, o problema de Josiane é que ela é mal escrita.

 

 

Na tentativa de reviver um dos temas mais controversos de ‘Verdades Secretas‘, Walcyr Carrasco criou uma vilã que ia dividir um homem com a mãe, mas dessa vez nada tinha muita coerência. Já reparou que todos os planos de Josiane até este momento funcionariam igualmente sem que ela precisasse mandar Régis (Reynaldo Gianecchini) ser namorado de sua mãe? Claro, ela teria de argumentar de outras formas, mas ela conseguiria tudo facilmente.

Nas últimas semanas, a novela e alguns spoilers têm dado pistas do que vamos esperar de Josiane. Para começar, de um tempo pra cá começaram diálogos comentando como Josiane herdou o sangue dos Matheus, a família rival dos Ramirez lá do começo da novela. E, futuramente, uma psicóloga constatará que Josiane tem psicopatia e por isso tem essa dificuldade em ter sentimentos.

Parecem desculpas criadas de última hora para justificar uma personagem criticada pelo público? Parece! O jeito é continuar acompanhando a novela e ver até onde vai o desenvolvimento de Josiane em ‘A Dona do Pedaço’

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!