Surra de Maria da Paz em Jô foi um sucesso e só se fala nisso

Maria da Paz espancou a filha Josiane para o delírio do público, mas deveria ser assim?

Talvez por Maria da Paz (Juliana Paes) não ser a protagonista mais inteligente dos últimos tempos, Josiane (Agatha Moreira) tem sido cada vez menos cuidadosa em seus planos na novela ‘A Dona do Pedaço‘. Após seu plano de ganhar uma comissão na compra dos móveis da nova mansão da boleira ter dado errado, finalmente vimos uma atitude da protagonista da novela. Maria da Paz chamou Josiane para seu apartamento e, sem a interferência de qualquer pessoa, desceu a mão em sua filha por ter tirado dinheiro da própria. Como era de se esperar, a cena foi um sucesso.

 (Raquel Cunha/TV Globo)

Segundo números preliminares de audiência a novela ultrapassou os 40 pontos de audiência, um número pra lá de satisfatória para a Globo (para se ter uma ideia, ‘O Sétimo Guardião‘ nunca chegou nem perto disso). Embates entre uma mocinha enganada e uma vilã sempre foram um forte chamariz para as novelas, e o autor Walcyr Carrasco ainda tem várias cartas na manga para promover mais conflitos entre mãe e filha.

Nas redes sociais, não se falou em outra coisa. Todo mundo ficou bem ligado em ‘A Dona do Pedaço’ para ver Josiane supostamente “ter o que merecia desde o começo”:

E teve gente zoando inclusive o momento no qual Josiane usou o argumento “quero ser uma digital influencer” para justificar o roubo à própria mãe:

A surra da Maria da Paz em Josiane tem uma função na história que vem de séculos atrás. É o famoso momento de catarse do público, quando vemos a mocinha sofrendo há meses de forma injusta e, em um momento de perda de racionalidade, ela parte para cima de seu agressor. No caso de ‘A Dona do Pedaço’, Walcyr Carrasco mexeu com temas muito delicados que multiplicam esse ódio do público pela vilã.

Veja bem, Josiane não apenas roubou dinheiro de sua mãe, ela também colocou o próprio namorado para casar com Maria da Paz como parte de um plano para roubar todo o patrimônio de sua progenitora. E qual o motivo disso? Ela acha sua mãe “brega”. Enquanto uma Maria de Fátima (Gloria Pires) de ‘Vale Tudo‘ vendeu a casa de sua mãe para tentar subir na vida, Josiane tem muito menos “motivos” por já ser uma pessoa muito rica. A falta de razão da personagem aumenta o ódio que o público sente dela.

Por mais que a surra pareça “merecida”, afinal olha quantas maldades Josiane cometeu com sua mãe que lhe ama tanto, é sempre bom relembrar o quanto a violência não deve ser combatida com violência. O conhecimento atual que temos sobre resoluções pacíficas de conflitos mostra o quão mais eficiente seria se Maria da Paz tivesse discutido ou punido sua filha sem ser com tapas. Tal método de educação foi tão ineficiente que, poucas cenas depois, novamente Josiane estava lá sendo grosseira com sua mãe e questionando sua falta de etiqueta. A surra só serviu para aumentar o desejo de vingança de uma personagem que tem sério desvio de caráter e deveria passar por um tratamento.

Caso se interesse pelo assunto, sugiro também que dê uma lida em nossa outra matéria sobre mulheres se agredindo em novelas, que levanta outros pontos que não foram tocados aqui.