10 cuidados com a pele que você deve ter depois de fazer uma tatuagem

Saiba direitinho o que fazer para não cometer erros que coloquem a saúde da sua pele em risco.

Você passou um bom tempo pensando, pesquisou vários tipos de desenhos, consultou os preços e procurou o melhor tatuador dentro do seu orçamento, tudo para conseguir a tatuagem perfeita. Mas não se esqueça de que o período pós-tatuagem também pede muita atenção.

Para garantir a boa cicatrização da pele e a fixação da cor, é preciso seguir algumas recomendações – ignorar essas etapas pode resultar em prejuízos à qualidade da tatuagem e problemas dermatológicos.

Então, preste atenção nos conselhos dos médicos:

1. Mantenha o plástico protetor até, no máximo, 48 horas

As agulhas do tatuador causam uma microagressão na epiderme, então considere que a pele foi lesionada. Sendo assim, a presença do plástico serve tanto para a fixação da tinta quanto para evitar o contato com bactérias externas.

Se retirado antes, o processo de cicatrização pode ser bastante prejudicado. Entretanto, passar mais tempo do que o recomendado com o plástico ou qualquer outro material protetor não é uma boa ideia. “É preciso limpar a lesão para que a pele possa cicatrizar. Se você não fizer isso e mantiver o plástico, pode acontecer uma infecção“, alerta a Dra. Tatiana Gabbi, médica da Sociedade Brasileira de Dermatologia. 

2. Inicie os cuidados imediatamente após o procedimento

A dermatologista Carolina Finardi Brümmer recomenda: é fundamental que você passe um creme hidratante ou cicatrizante logo após o procedimento (o tatuador geralmente indica e já aplica)! “A importância está no fato de ajudar na regeneração da pele, o que facilita a cicatrização e impede infecções. Além de evitar o atrito no local, o que também prejudicaria a cicatrização”, diz ela. 

3. Lave sempre com sabonete neutro

“A lavagem do local da tatuagem deve ser feita no tempo recomendado pelo tatuador apenas com água e sabonete”, afirma a Dra. Tatiana. Para isso, priorize banhos frios ou mornos, pois a água quente pode ser prejudicial à pele. Utilize sabonete neutro para evitar reações alérgicas e faça movimentos suaves na região sensibilizada.

4. Seque com papel-toalha e toque leves

Dê leves batidinhas na pele com o papel-toalha ou deixe secar naturalmente. Não esfregue! Evite o máximo possível de atrito com o local, seja por conta de possíveis infecções ou irritação da pele.

5. Mantenha a pele hidratada até a cicatrização completa

Utilize produtos com propriedades hidratantes e cicatrizantes no mínimo uma vez ao dia – o recomendado é mais de uma vez – até você perceber que a pele esteja totalmente reparada e lisa, o que pode demorar cerca de um mês.

6. Higienize as mãos antes de manipular o local da tatuagem

De maneira alguma toque o local com as mãos sujas! Qualquer bactéria ou sujeira que entrar em contato com a lesão pode resultar em um infecção.

7. Não coce ou cutuque a região

É normal sentir uma coceirinha quando surgem as casquinhas do processo de cicatrização. Mas resista! As unhas concentram grande quantidade de sujeira e bactérias e o contato com a lesão pode causar manchas, infecções e danificar a nitidez da tatuagem.

Se você sentir coceira, dê batidinhas leves no local. Se a coceira for muito intensa, procure um médico.

8. Evite exposição ao sol

“A exposição direta ao sol pode fazer a tatuagem desbotar e você ainda corre risco de ter uma queimadura em cima daquela lesão”, explica médica da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

9. Priorize roupas leves, como as de algodão

Como você deve evitar expor a tatuagem ao sol, melhor cobrir a região com roupas. Mas atenção ao tecido escolhido: “Prefira os fluidos e leves, se possível os de algodão, pela menor probabilidade de causar irritação local”, recomenda a Dra. Carolina. 

10. Só passe produtos como óleo de coco após a cicatrização completa

Óleo de coco, óleo de babaçu, óleo de girassol, cera de abelha e produtos que tenham como base essas substâncias hidratantes são ótimos para tatuagens! Além de conseguirem preservar a cor e nitidez do desenho, eles ajudam a pele a não perder água, mantendo o local hidratado. Mas atenção: aplique-os somente depois do processo de cicatrização completa, pois seu uso, conforme explica a Dra. Carolina, não ajuda a tatuagem a cicatrizar e serve apenas para o período de manutenção dos cuidados.

Contraindicações

Nem todo mundo pode fazer tatuagem! Então antes de tomar qualquer decisão procure saber se você:

  • tem alergia a algum componente da tinta
  • tende a formar cicatriz queloide (aquela cicatriz protuberante)
  • já teve alguma lesão prévia na pele onde você pretende tatuar
  • possui doença dermatológica, como dermatite e psoríase
  • se o local tem ou está próximo de uma pinta ou mancha, pois isso irá prejudicar a avaliação de mudanças de padrão que indicam possíveis doenças de pele.

Deu reação?

Em caso de coceira muito forte, inchaço na região da tatuagem, aparecimento de bolinhas, descamação fora do esperado ou surgimento de placas vermelhas na pele, corra para o médico! Esse sintomas sinalizam o desenvolvimento de uma reação alérgica.

Só um dermatologista pode analisar o tamanho do problema e recomendar o tratamento adequado.

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!