14 atitudes para não adoecer no inverno

O clima seco e as mudanças frequentes de temperatura são um perigo para a saúde. Veja aqui como proteger a família toda.

 

Para você

1. Abra as janelas
Ambientes fechados são uma das principais causas das doenças respiratórias. Pela manhã, deixe o ar circular nos quartos. Em escritórios e salas de aula, aproveite os intervalos ou a hora do almoço para abrir portas e janelas.

2. Use álcool gel
Carregue na bolsa e use depois de mexer em objetos que podem conter vírus e bactérias. Dinheiro, celular e fones de ouvido são alguns dos campeões nessa área. Sempre que der, higienize as mãos.

3. Beba muita água
Não é porque suamos menos no inverno que o corpo precisa de menos água. Tomar 2 litros diariamente é sagrado.

4. Espirre soro nas narinas
No inverno, as mucosas ficam ressecadas e irritadas. Coloque um pouco de soro fisiológico num frasco com conta-gotas ou spray e espirre nas narinas com frequência.
O soro evita a irritação e não é remédio.

5. Alimente-se bem
No frio, deixamos frutas e legumes frescos de lado. Massas, pães e cremes tomam conta do cardápio. O problema é que esses alimentos são pobres em nutrientes e ricos em calorias. Mantenha o consumo de vegetais. Eles previnem naturalmente as doenças.

6. Durma bem
O descanso está diretamente ligado ao sistema imunológico. Procure deitar cedo e durma, no mínimo, oito horas por noite.

7. Seque o cabelo antes de sair
Com os fios molhados expostos ao vento, aumenta a perda de calor no corpo e isso favorece os resfriados.

Para as crianças

8. Mantenha as vacinas em dia
Muitas doenças que podem ser evitadas por vacinas costumam ser transmitidas com mais frequência durante o inverno. Confira a carteira de vacinação do seu filho e o calendário de vacinas da rede pública. Bebês a partir de 6 meses e até 2 anos devem ser vacinados também contra a gripe.

9. Amamentar é fundamental
Entre os benefícios do aleitamento materno está o fortalecimento do sistema imunológico da criança. É que a mãe que amamenta passa anticorpos ao filho e isso reduz o risco de infecções.

10. Bebê não deve ir ao shopping
Crianças recém-nascidas ou com até 3 meses não devem ser levadas a locais fechados com muita gente. Shoppings, teatros e cinemas são alguns exemplos de lugares proibidos. Agasalhe bem a criança e leve-a para um passeio ao ar livre. Lembre-se: o sol só é saudável antes das 10h e após as 16h.

Para os idosos

11. Evite golpes de ar e mudanças de temperatura
Ao sair, agasalhe-se bem e proteja o peito. Tosse, espirros e dificuldade para respirar não podem ser ignorados.

12. Mexer-se é fundamental
No frio, é comum a pessoa diminuir as atividades físicas. Mas além de esquentar o corpo, fazer ginástica ajuda a manter os pulmões limpos e a saúde em dia.

Se alguém estiver doente…

13. Não leve a criança à escola
Respeite os demais colegas da creche ou da escola fazendo assim. Levar o filho com febre atrapalha a recuperação dele e cria o risco de espalhar a doença entre as outras crianças.

14. Proteja quem está perto
Use um lenço ou coloque as mãos sobre a boca e o nariz ao espirrar ou tossir. Ensine as crianças a fazer o mesmo e troque sempre os lenços de pano.

Fontes: Priscila Catherino, médica pediatra formada pela Faculdade de Medicina do ABC e especialista em pneumologia pediátrica pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP); Bruno Rossini, médico otorrinolaringologista pela Universidade Estadual Paulista (UNESP), especializado em Otorrinolaringologia pela Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp).

Conheça os signos que todo mundo odeia – escute no nosso podcast!