As uvas mais comuns usadas na elaboração de um vinho

Conheça os tipos mais comuns de uva usados na elaboração de um vinho e acerte na escolha da bebida que proporciona benefícios à saúde

Depois de abrir a garrafa, o vinho dura, no máximo, 2 dias na geladeira
Foto: Getty Images

A grande variedade existente de uvas permite a elaboração de diversos tipos de vinho, que acabam se adequando a diferentes paladares.

Com isso, a bebida pode acabar se tornando um saudável passatempo de adulto: se você entrar na brincadeira, pode se divertir descobrindo os gostos e cheiros escondidos no vinho.

Entretanto, diante de tantas opções, muita gente acaba ficando em dúvida na hora da escolha. Prepare-se então para conhecer as uvas mais comuns usadas na elaboração de um vinho e acerte na hora da compra. Sua saúde agradece!

As uvas mais comuns

UVA PRONUNCIA-SE INDICAÇÃO
Cabernet sauvignon Cabernê sovinhôm Carnes vermelhas
Carménère Carmenér Aves, macarrão e carnes vermelhas
Chardonnay Chardoné Massas com molho branco e peixes
Malbec Malbeque Queijos, massas, carnes vermelhas com molhos e sobremesas com chocolate
Merlot Merlô Massas e risotos
Syrah ou Shiraz Xirrá Embutidos (copa, salame, mortadela…) e carnes vermelhas


Termos mais usados para o vinho

· Amadeirado: Vinho com leve sabor de madeira, devido ao tempo em que ficou no barril de carvalho.

· Aroma: Cheiros e sabores que o vinho apresenta, alguns deles absorvidos pela uva durante seu processo de crescimento.

· Barril de carvalho: Recipiente comumente utilizado para o armazenamento do vinho, feito com madeira da árvore carvalho.

· Enófilo: Pessoa que aprecia vinhos (sempre com moderação, claro!).

· Enólogo: Estudioso ou especialista em vinhos. Frutado: Vinho que possui aroma que lembra o de frutas.

· Safra: Ano em que as uvas foram colhidas para a produção do vinho.

· Sommelier: Profissional especializado em conhecer e recomendar bons vinhos em bares, hotéis, adegas e restaurantes.