Câncer de tireoide: conheça os 5 sinais dessa doença

Esse tipo de tumor que atinge principalmente as mulheres na fase reprodutiva vem aumentando no Brasil e no mundo. Entenda o problema e proteja-se.

5 sinais para ficar em alerta

Na fase inicial, o câncer de tireoide geralmente não apresenta sintomas. Mas vale ficar atenta a esses sinais:

  • Aumento rápido e doloroso na região do pescoço.
  • Dificuldade para engolir.
  • Rouquidão ou mudança no timbre de voz que não desaparece com o tempo.
  • Dificuldade para respirar.
  • Tosse frequente, sem relação com gripe ou alergia.

A maioria é benigna

Se no exame físico ou no ultrassom surgirem nódulos na tireoide, tente ficar tranquila. O primeiro motivo para isso é que a cada dez casos, nove são benignos e devem apenas ser monitorados pelo endocrinologista regularmente. O segundo motivo é que mesmo os nódulos malignos têm boas chances de cura. “A maioria desses tumores tem evolução bem lenta. Quanto mais cedo forem descobertos, maiores as chances de cura completa”, esclarece Mila. O tratamento é relativamente simples, se comparado ao de outros tipos de câncer. A cirurgia para a retirada da glândula é sempre necessária. Depois do procedimento, o paciente recebe iodo radioativo para eliminar qualquer foco do tumor. A quimioterapia e a radioterapia nem sempre são necessárias. Com a retirada da tireoide, a pessoa precisa fazer reposição hormonal regularmente para manter o organismo em equilíbrio.


4 exames fundamentais

Exame clínico
Apalpando a região do pescoço, o médico pede ao paciente que engula saliva e checa se há alterações. Durante a consulta, avise caso sinta algo na região. Se na sua família houver casos de tumor na tireoide, o especialista deve saber.

TSH e T4 livre
Exames de sangue que avaliam o funcionamento da tireoide. O ideal é começar esse controle a partir dos 30 anos.

Ultrassonografia
Exame de imagem que mostra possíveis nódulos que podem estar presentes na glândula.

Punção
Com uma agulha bem fininha, é aspirada uma pequena parte do tecido para avaliação. É um exame simples, feito com ajuda do ultrassom e não requer internação ou repouso. Após sua realização, é possível ter um dia normal.