Cansada há mais de dez dias? Você pode estar doente

A fadiga permanente pode estar relacionada a diferentes tipos de problema. Saiba se você tem de ir ao médico ou só precisa de uma boa noite de sono

Foto: Getty Images

Sentir-se cansada de vez em quando é normal. Afnal, dezenas de coisas precisam ser resolvidas todos os dias no trabalho, em casa, com os flhos, o namorado. O problema é quando essa sensação não passa. Entra semana, sai semana e você não quer fazer nada, nem mesmo atividades prazerosas, como passeios ou viagens. Esse desânimo pode estar sinalizando que você está doente.
 
Para o cardiologista Rafael Fraga, do Hospital Samaritano, de São Paulo, a diferença entre o cansaço normal e a fadiga causada por doença é sentir que coisas que até então eram simples começam a fcar complicadas. “Se você subia um lance de escada sem problemas e agora fica exausta no fim do percurso, isso pode indicar uma doença no coração, por exemplo.” Não há uma linha defnitiva que separa esses diferentes tipos de cansaço. Então, a dica é usar o bom senso: se você não teve alterações drásticas de rotina, mas nunca esteve tão sem forças, é melhor procurar um médico. Pode ser um clínico-geral ou até um ginecologista. Existem dezenas de doenças em que o cansaço aparece como sintoma.

Doenças reumáticas
Fibromialgia, artrose, artrite reumatoide, gota e lúpus são alguns tipos de doença reumática que atacam o aparelho locomotor, ou seja, ossos, articulações – conhecidas como juntas – cartilagens, músculos, tendões e ligamentos. O cansaço é um dos sintomas mais comuns, além de dores espalhadas pelo corpo.

Depressão
Cansaço físico e esgotamento mental podem ser sintomas de depressão. Além da perda de energia, alterações de apetite, de sono ou de peso e perda do interesse nas atividades diárias também podem indicar que você está deprimida.

Fadiga crônica
As mulheres são as mais atingidas por essa síndrome. Além do sono não restaurador – isto é, mesmo descansando você não se sente bem –, outros sintomas são dificuldade de memória e de concentração, dores de cabeça e de garganta, confusão mental, intestino irritado, dores no corpo, suores e calafrios, entre outros.

Apneia
Uma noite maldormida não deixa corpo nem cérebro descansarem. A apneia é uma parada momentânea da respiração durante o sono. Com a falta de oxigênio, o corpo desperta. O problema é geralmente causado por excesso de peso e sedentarismo. E dá um cansaço enorme!

Câncer
Vários tipos de câncer podem ser relacionados ao sintoma de cansaço, principalmente o de pulmão, linfomas ou leucemia. Além das células cancerosas no corpo, geralmente o paciente tem também anemia.

Doenças cardíacas
Não são apenas dores no peito os possíveis indícios de problemas no coração. O cansaço por esforço pode ser sintoma da dilatação do músculo cardíaco ou da obstrução da veia coronária. Se você fica
exausta depois de caminhar curtas distâncias, por exemplo, pode não ser apenas falta de prática. Resistência à insulina é considerada uma espécie de pré-diabetes. A insulina é um hormônio que sinaliza que o açúcar ou a glicose devem ir do sangue para as células. Quando as células têm resistência à insulina, elas não recebem esse aviso. Isso provoca uma alteração no nível de gordura
no corpo e surgem problemas decorrentes disso. Cansaço também pode ser sintoma de diabetes.

Tireoide
Dois problemas na tireoide são capazes de gerar cansaço: o hipotireoidismo (baixa produção de hormônios) e o hipertireoidismo (aumento excessivo desses hormônios na corrente sanguínea). Outros sintomas são insônia, sudorese e irritação.

Anemia
Os glóbulos vermelhos do sangue, também chamados hemácias, transportam o oxigênio para os nossos órgãos e tecidos. A redução dessas hemácias causa a anemia – e o cansaço é um dos principais sintomas da doença.

Que médico procurar?
Um clínico-geral ou até um ginecologista pode fazer uma avaliação inicial sobre seu estado de saúde. “Muitas vezes, o resultado de um simples exame de sangue dá pistas de várias doenças”, diz o cardiologista Raffael Fraga. Convém ir a um pronto-socorro se o cansaço não passar depois de um fim de semana de descanso. É preciso dar atenção e importância ao sintoma, pois o diagnóstico precoce ajuda e facilta o tratamento de qualquer doença.