Como evitar o mau hálito e outros problemas bucais

Uma escovação perfeita (com direito a fio dental, claro) evita tantos problemas para a sua saúde que você vai ficar de boca aberta quando descobrir. Siga as dicas direitinho e tire 10 na próxima visita ao dentista.

Escovar os dentes e passar o fio dental deixa você à vontade para abrir aquele sorrisão sem medo de passar constrangimento. Mas, muito além da estética, preservar a saúde da boca é cuidar do corpo todo. “Se a gengiva não está saudável ou faltam dentes na sua boca, você não mastiga direito. E isso traz consequências para o estômago, para a absorção dos nutrientes, provoca dores de cabeça… Um desequilíbrio geral”, diz o dentista Carlos Coachman, de São Paulo. E mais: além de evitar mau hálito, manter as bactérias da boca sob controle evita infecções e dor, e problemas mais sérios, como parto prematuro. “As bactérias ainda podem cair na corrente sanguínea e provocar problemas graves, até no coração”, diz o cirurgião-dentista Alexandre Bussab, de São Paulo. Siga nossas dicas, visite o dentista a cada seis meses e fique de fora das estatísticas: segundo o Ministério da Saúde, metade dos brasileiros tem cárie.

Como escolher a escova?

Cabeça: A pontiaguda tende a facilitar a limpeza no fundo da boca em relação às quadradas. “O tamanho da cabeça da escova tem muito a ver com o porte do paciente”, diz Marcela.

Cerdas: Devem ser macias. Escovas com cerdas de diferentes níveis acompanham melhor a anatomia dos dentes.

Cuidados: Troque a escova, em média, a cada três meses. Após o uso, enxágue, seque as cerdas e use protetores. Se possível, guarde-a no armário.

Escovação correta

1. Coloque pasta e posicione a escova a 45 graus em relação aos dentes. Com movimentos circulares, escove um dente por vez, encostando as cerdas de leve na gengiva.

2. Comece pela parte externa dos dentes de cima, depois vá para os de baixo. Então, passe para a parte interna dos dentes.

3. Em vaivém, escove os dentes de trás, começando pelos superiores. Limpe a língua.

Fio dental

Passe o fio dental, que limpa onde a escova não chega. “Usar o fio entre duas escovações garante 100% de higienização”, diz Bussab. Veja como:

1. Faça um bochecho com água. Enrole um pedaço de 45 cm de fio dental na ponta dos dedos médios. Segure o fio entre o polegar e o indicador, deixando 2 cm esticado entre as mãos.

2. Passe o fio entre os dentes, da gengiva à ponta, “abraçando” a parede dos dentes. Repita várias vezes.

Escova na língua

Limpá-la com movimentos de vaivém é muito importante. “O fundo da língua, por ser um local pobre em oxigênio, é ideal para a multiplicação de bactérias, especialmente quando a boca fica ressecada por causa da pouca produção de saliva ou da respiração bucal”, diz o cirurgião-dentista Maurício Duarte da Conceição, da Clínica Halitus. Nesses casos, minúsculos pedaços da mucosa da boca, ou seja, “carne crua”, servem de alimento para as bactérias, que fazem a festa nesse “banquete”, causando mau hálito!

Os problemas que a escovação evita

Mau hálito

Você sabia que a cada três brasileiros um tem mau hálito? “A falta de higiene bucal, especialmente da língua e da gengiva, é a causa mais comum do problema”, diz Conceição. É até normal acordar com um bafinho, mas se o cheiro ruim continuar mesmo após tomar café e escovar os dentes, melhor procurar um especialista.

Afta

Redobre a atenção com a higiene quando surge a feridinha na boca, que pode ser causada por um trauma ou alimentação que muda o pH da saliva. Isso reduz o risco de complicações. “Em média, a afta some em três dias”, diz Coachman.
 

Cárie

Muito açúcar e pouca escovação é um prato cheio para as bactérias. Aos poucos, as invisíveis vilãs destroem o esmalte e a dentina, as camadas mais externas do dente. “No início da cárie, o dente fica sensível e dolorido ao tomar algo quente ou frio”, diz Coachman. Se ninguém parar o ataque (como uma obturação no dentista), as bactérias podem chegar até a polpa do dente, infeccionando uma área cheia de terminações nervosas. É dor na certa! Aí é preciso recorrer ao tratamento de canal: prejuízo para o dente e para o bolso!
 

Tártaro

Quando a higiene passa longe da boca, as bactérias fazem a festa e convidam a saliva e os restos de alimentos para se juntarem a elas. Resultado? O clube do tártaro, uma placa bacteriana amarelada e endurecida que, ao longo do tempo, se forma na superfície do dente, na borda da gengiva. O problema é que a turminha, só removida com uma raspagem pelo dentista, pode causar mau hálito e inflamar a gengiva, quadro conhecido como gengivite.

Dentes tortos

Deixá-los alinhados vai além de um sorriso bonito. Aliás, a questão estética é o de menos. “Dentes fora da posição dificultam a escovação e o uso do fio dental, o que pode provocar uma série de problemas na boca”, explica Coachman. Além disso, a mastigação pode ficar prejudicada, o que por sua vez atrapalha a digestão, a absorção de nutrientes… Enfim, sua saúde.
 

Gengivite

O sintoma mais comum é o sangramento ao escovar ou ao usar o fio dental, além de inchaço na gengiva. “Melhorando a higiene, o sinal ameniza em até cinco dias”, afirma a dentista Marcela Encinas. Não passou? Procure um especialista. Em casos graves, as bactérias adentram a gengiva e chegam até o osso que o sustenta, correndo o risco de ele amolecer e cair. “Outros fatores, como queda de resistência, por exemplo, podem causar gengivite”, completa Bussab.

Fontes: Cartilha do Dia Mundial da Saúde Bucal da Associação Brasileira de Cirurgiões-Dentistas; Maurício Duarte da Conceição, cirurgião-dentista e autor do livro Bom Hálito e Segurança! Metas Essenciais no Tratamento da Halitose.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s