Conheça os 5 maiores vilões do verão e saiba como combatê-los

Listamos alguns dos problemas que seu corpo pode ter no calor intenso e as maneiras de evitá-los.

O verão finalmente chegou e com ele, muitas vezes, também vem um calor intenso. Apesar de ser uma delícia aproveitar um belo dia de sol, seja na praia, passeando ao ar livre ou andando de bike pela cidade, o calor pode ter impactos negativos para a sua saúde, como o aparecimento de alergias e infecções.

Para você aproveitar essa época do ano tranquilona, sem neuras e preparadíssima, a gente, aqui do MdeMulher, conversou com o médico Hélio Castello, cardiologista da Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI), que revelou alguns dos maiores vilões do verão e como evitá-los.

Confira!

Desidratação

Um dos maiores problemas que você pode sofrer no o calor é a desidratação. Quando não há reposição da água eliminada pelo suor, por exemplo, certa quantidade de sais minerais também é perdida.

Essa baixa concentração de água e sais irá desequilibrar todo o seu organismo, fazendo com que seus órgãos não consigam desempenhar suas funções.

Para saber se você está sofrendo com desidratação, preste atenção nos seguinte sintomas: boca seca, cansaço, diminuição da produção de urina, pressão baixa e taquicardia. Para evitar que a situação se agrave passe a ingerir grande quantidade de líquidos.

Em casos mais severos, como febre, vômitos e diarreia, procure atendimento médico!

Aumento da temperatura corporal

Com o calor, a temperatura do seu corpo aumenta. “Como mecanismo de segurança e  de adaptação do organismo, acontece a vasodilatação“, conta o Dr. Castello. Com ela, você perde calor e o equilíbrio entre a sua temperatura e a do ambiente permanece constante.

O ideal para o corpo humano é ficar por volta de 36ºC. Como a vasodilatação faz com que essa temperatura se mantenha, as células continuam seu bom funcionamento.

A única consequência disso é que talvez você fique um pouco inchada.

Infecções

O verão é a época do ano na qual você tem mais chances de contrair algumas infecções. A urinária e aquelas ginecológicas, por exemplo, podem ser provocadas pela umidade excessiva de roupas de banho. Como evitar: não as use por longos períodos de tempo.

micoses tem como causa os fungos. “Eles tem seu crescimento aumentado com temperaturas mais altas e em superfícies úmidas“, diz o cardiologista. Para fugir desses fungos, e das micosesnão compartilhe objetos de uso pessoal, como toalhas, tome cuidado com roupas justas e de tecidos sintéticos, seque-se devidamente após o banho e não use roupas molhadas por muito tempo.

Exposição direta ao sol

Apesar de tomar sol ser uma atividade bastante relaxante e um ótimo jeito de aproveitar o verão, longos períodos de exposição podem ter uma grande quantidade de impactos negativos que, segundo o Dr. Hélio Costello, podem ser classificados em duas categorias: 

Os danos agudos, ou seja, aqueles que duram por pouco tempo após serem provocados, são queimaduras de sol, elevação da temperatura do corpo e desidratação.  

Já os danos crônicos, que podem durar a vida inteira, possuem graves consequências, como o desenvolvimento de câncer de pele, enrugamento e aparecimento de manchas definitivas.

Por isso, é melhor não exagerar!

Alergias

Com a chegada de dias mais quentes, você pode desenvolver algumas reações alérgicas. “Existe maior incidência de reações da pele ao suor excessivo e ao contato com tecidos, principalmente sintéticos“, explica ele.

Nesses casos, os sintomas mais comuns são sensação de coceira, ardência e o aparecimento de manchas na pele.

Como aliviar a sensação de calor e amenizar seus impactos?

  • Em primeiro lugar, é preciso abusar das roupas mais leves. Fuja das peças sintéticas! Aposte em tecidos feitos de algodão, pois eles deixam a pele respirar, permitindo com que o suor evapore, e dificultam o desenvolvimento de alergias.
  • Procure não ficar exposta diretamente ao sol no horários em que o calor está mais intenso (entre 10h00 e 16h00)
  • Esteja sempre hidratada! Beba bastante água e consuma alimentos leves, como frutas e verduras, que também são fonte de líquidos.
  • Evite aqueles mais pesados e gordurosos, que são mais difíceis de serem digeridos 
  • Não abuse no consumo de álcool. Tomar uma cervejinha na praia pode até ser gostoso, mas a bebida alcoólica acelera o processo de desidratação, que, por sua vez, intensifica os efeitos do álcool.
  • Para conseguir aproveitar os passeios de verão, use protetor solar, não esqueça dos óculos escuros e até mesmo de um chapéu!
  • Não está proibido fazer atividades físicas, mas dê preferência por aquelas que podem ser feitas em locais fechados, de temperatura controlada, ou em períodos mais frescos do dia, como de manhã cedo e início da noite.

Prontinho! Agora você já sabe o que fazer para aproveitar o verão sem correr riscos!

 

☆ Descubra o significado de VÊNUS no seu Mapa Astral ☆