Cuidados com as doenças da chuva

Fique alerta e se proteja contra a dengue, leptospirose e hepatite A

Doenças como a leptospirose precisam ser tratadas por especialistas
Foto: Getty Images


A época de chuvas fortes chegou e, com ela, aparecem doenças que podem causar sérios danos à saúde. Saiba quais são quatro delas e como evitá-las:

Dengue

Doença transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, que procria onde há água parada – latas, copos, pneus velhos, vasos, caixas d’água, lixeiras, cisternas.

O perigo: dengue clássica causa febre alta, forte dor na cabeça e no corpo. “Dengue hemorrágica também, mas o infectado pode ter sangramento em órgãos”, explica Jaime Rocha, infectologista de Curitiba que atua no laboratório Delboni Auriemo. Aí, pode ser fatal.

A saída: o melhor é prevenir. Fique esperto para não deixar água acumular no jardim, na varanda, na louça pós-churrasco. Se sentir sintomas da dengue, não tome remédio. “Medicamentos à base de acetil-salicílico e anti-inflamatórios, como aspirina, aumentam o risco de hemorragias”, diz Mauricio Gaspari Pupo, diretor técnico da Consulfarma Assessoria Farmacêutica, de São Paulo. Vá ao hospital.

Leptospirose

É causada por uma bactéria presente principalmente em urina de rato e transmitida ao homem, em muitos casos, nas enchentes. O contato da pele – especialmente se tiver cortes ou machucados – com a água contaminada é suficiente para isso.

O perigo: “Febre alta, intensa dor de cabeça e muscular, calafrios e olhos avermelhados são os sintomas comuns – vêm cerca de dez dias após a contaminação”, diz Jaime. A leptospirose pode ser fatal.

A saída: evite contato com água ou lama de rua. “Guarde a comida em locais à prova de ratos, longe de porões ou garagens.” Caso sinta sintomas da leptospirose, não use remédios com acetil-salicílico. Vá ao médico – o tratamento é com antibiótico.

Hepatite A

É causada pelo vírus HAV. Ele pode estar em alimentos mal lavados e água contaminada. Se ingerir comida assim ou precisar atravessar uma rua alagada – e tiver uma fissura na pele -, pode pegar.

O perigo: ataca principalmente o fígado. “Você tem náusea, febre e icterícia – corpo e olhos ficam amarelados; perde apetite; faz fezes claras”, diz Ricardo Ferreira da Cunha, médico especializado em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (USP). Casos fatais são raros.

A saída: vacine-se. “Lave sempre as mãos, jamais as encoste na boca, limpe bem os alimentos”, diz Stéfano Gonçalves Jorge, médico de Campinas e membro da Sociedade Brasileira de Hepatologia. Se pegar hepatite A, vá ao médico.

*Com informações da MEN’S HEALTH

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s