Dá para pegar dengue por contato sexual? Europa confirma primeiro caso

As autoridades de saúde espanhola analisaram o caso e afirmam que a doença teve transmissão sexual.

O caso de transmissão sexual de dengue foi notificado na Espanha (em Madri), em setembro e, após muita pesquisa, as autoridades confirmaram o ocorrido. Um homem que não vive em área de risco e nem havia viajado para um local onde houvesse a presença de mosquitos transmissores foi diagnosticado com a doença, sendo que seu parceiro estava com dengue.

Como eles tiveram relações sexuais sem proteção, foram analisadas amostras de sêmen. Os resultados deram positivo e ainda mostraram a presença do mesmo vírus (um tipo que circula em Cuba, local onde parceiro contraiu dengue).

As autoridades e a Direção Geral de Saúde Pública da Comunidade de Madri realizaram inspeções e analisaram as áreas por onde o segundo homem transitou para se certificar que não havia mosquitos transmissores. E não havia.

Em entrevista aos jornais espanhóis, Suzana Jimenez, da Direção de Saúde Pública de Madri, disse que um caso de provável transmissão sexual entre uma mulher e um homem já havia sido objeto de um artigo científico na Coreia do Sul.

As autoridades de saúde da Espanha estão tratado o caso como certo de transmissão sexual, o que pode indicar a descoberta de um outro mecanismo de transmissão do vírus.

☆ Pedras, cristais e rituais de proteção: saiba como usar ☆