Dia Mundial do Câncer: precisamos falar sobre a doença

A iniciativa global tem como data oficial 4 de fevereiro e o objetivo é mobilizar a população pelo controle do câncer.

Siga o mdemulher no Instagram

Todo mundo conhece alguém que já teve câncer. E muita gente ainda tem receio de falar sobre a doença. Então, para abrir o debate, aumentar o grau de educação e ajudar na prevenção, foi criado o Dia Mundial do Câncer: 4 de fevereiro.

A data foi estabelecida pela União Internacional para o Controle do Câncer (UICC) com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Segundo Luiz Augusto Maltoni Jr., diretor-executivo da Fundação do Câncer, falar sobre e entender a doença é fundamental para conter o avanço. “Muita gente considera o câncer um tabu. Tem até quem acredite que trazer o tema para as discussões cotidianas atrai a doença. Mas é preciso desmitificar essa crença. Essa deve ser uma questão de interesse geral. E a melhor forma de combater o câncer é, antes de tudo, disseminar informação”, explica Maltoni.

Nesse dia, instituições de diversos países pelo mundo promovem campanhas e ações públicas para que as pessoas entendam mais sobre o câncer e se comprometam com atitudes que podem evitar a doença.

Os dados mundiais são alarmantes

Segundo dados da UICC, o câncer é a segunda maior causa de morte do mundo. E as expectativas são intrigantes: 1 em cada 5 homens e 1 em cada 6 mulheres terão câncer ao longo da vida.

Porém, ainda segundo o órgão, 3 em cada 10 casos de câncer dos tipos mais incidentes podem ser prevenidos e 3,7 milhões de vidas poderiam ser salvas por ano se houvesse medidas de prevenção, diagnóstico e tratamento adequado.

Por isso a importância desse dia. Vamos entender, discutir, prevenir e combater o câncer!