Dor de cabeça: saiba por que ela aparece e como aliviá-la

De lado, na nuca, na testa... são mais de 150 tipos de dor de cabeça. A mais famosa, a enxaqueca, é disparada pelo consumo de alguns alimentos. Saiba mais sobre a dor que pode atrapalhar muito a nossa rotina

Café, vinho e queijo são alguns alimentos que servem como gatilho para as crises de enxaqueca
Foto: Getty Images

TPM, tensão, ressaca, frio, calor, jejum, sinusite, gripe, perfumes… são vários os fatores que disparam a dor de cabeça ou cefaleia, como dizem os médicos. Ela faz latejar o couro cabeludo, os músculos da face, as artérias e as meninges, que são as películas que recobrem o cérebro. “Os estímulos dolorosos têm relação com vasos sanguíneos dilatados, além de inflamações, terminações nervosas e ainda com alterações químicas, ou seja, com o desequilíbrio de substâncias cerebrais”, diz o neurologista Deusvenir Carvalho, de São Paulo.
As meninges (membranas que envolvem o cérebro) estão repletas de fibras nervosas que transmitem as sensações. Esses sinais são ativados quando os vasos do cérebro ficam inflamados e dilatados.

Apague a luz, por favor

A enxaqueca é a mais famosa entre as dores de cabeça e atrapalha a vida. A herança genética é apontada como principal responsável. Pode durar três dias ou mais e, em geral, ataca apenas um dos lados da cabeça. Enjoo e sensibilidade à luz também aparecem. E ainda tem a tal aura, quando pontinhos cintilantes e imagens em zigue-zague surgem pelo mau funcionamento do cérebro. Ela costuma incomodar por períodos de cinco minutos a uma hora e aparece antes das crises.

O mal que entra pela boca

Não dá para eleger vilões, mas há alimentos que detonam crises em quem convivem com a enxaqueca. Vinho, café, queijo curado e o glutamato monossódico (um tempero da culinária oriental) costumam favorecer a dilatação dos vasos sanguíneos, e lá vem dor. A dica é prestar atenção ao que serve de gatilho e evitar.

A ordem é se mexer

A atividade física favorece a produção de endorfinas, um grupo de substâncias que proporcionam bem-estar e funcionam como uma espécie de analgésico natural.

Batata na testa funciona

Quem diria… Sim, pode ajudar! O contato das rodelas frias com a cabeça bloqueia o estímulo dolorido. É que o toque do vegetal provoca um tipo de competição nas vias nervosas que propagam a dor. A sensação gelada vence a dolorosa, ou seja, ela consegue chegar primeiro ao cérebro.
 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s