Drauzio Varella fala de depressão em novo quadro do ‘Fantástico’

Na série de três episódios "Não tá tudo bem, mas vai ficar", o médico conversa com especialistas e pessoas que sofrem com a doença.

“Não é frescura, não é preguiça e nem falta de vontade, depressão é doença”. Essa é a frase que resume o mais novo quadro do ‘Fantástico‘, da rede Globo, “Não tá tudo bem, mas vai ficar”, apresentado por ninguém menos que o doutor Drauzio Varella e que tem como objetivo promover a melhor compreensão sobre o transtorno depressivo.

Na primeira parte da série de três episódios exibida neste último domingo (4), o médico explicou o que é a depressão e chamou a atenção para o problema com depoimentos. Além de entrevistar especialistas em distúrbios psicológicos, ele conversou com várias pessoas que sofrem com a doença.

Para provar que depressão não está ligada a sexo, idade, nem condições financeiras, um dos relatos é de Paula Fernandes, que tem depressão desde os 17 ano de idade. “Eu passava o dia inteiro tremendo no sofá. Tinha dias que eu tinha crises de taquicardia. E uma falta de ar absurda. Eu achava que ia morrer”, relatou a cantora sertaneja. Assim como os outros entrevistados, ela não entendia o motivo das crises e não conseguia pedir ajuda.

“O preconceito e vergonha da própria pessoa em admitir que está doente, o medo de mostrar fragilidade e o estresse do dia a dia agravando as angústias tornaram a depressão uma epidemia mundial grave. A Organização Mundial da Saúde calcula que, a partir do ano que vem, depressão será a principal causa de afastamento do trabalho“, disse o Dr. Drauzio Varella.

Confira o episódio na integra aqui.

☆ Será que seu signo tem a ver com o signo do crush? Entenda o que é e do que fala a sinastria ☆