Estudo faz relação entre mortes por câncer de mama e exercícios físicos

A pesquisa mostra que 12% das mortes poderiam ser evitadas com a prática de exercícios físicos.

O Ministério da Saúde apresentou hoje (19) um estudo que aponta que 12% das mortes por câncer de mama (2075 óbitos) poderiam ter sido evitadas se as mulheres praticassem exercícios físicos regularmente – e isso significa ao menos 30 minutos de caminhada diária, cinco dias por semana. Os dados foram divulgados pela revista Nature e as informações tiveram o apoio do governo brasileiro.

A pesquisa ainda mostra que 6,5% das mortes estão relacionadas ao uso abusivo de álcool e excesso de açúcar na alimentação.

Em resposta aos dados levantados pelo estudo, o Ministério da Saúde diz que já adotou medidas contra o sedentarismo, incluindo deter o crescimento da obesidade na população adulta até 2019, reduzir o consumo de refrigerante e suco artificial e ampliar o consumo de frutas e hortaliças pela população.

☆ Pedras, cristais e rituais de proteção: saiba como usar ☆