Hepatite – conheça todos os tipos e previna-se

Hepatite A, hepatite B, hepatite C, hepatite Delta e hepatite E: descubra a diferença dos diferentes tipos da hepatite para ficar alerta

Para a hepatite E não há vacina, sendo a higiene a única prevenção
Foto: Dreamstime

Você sabia que a grande armadilha da hepatite é a falta de sintomas? Mário Pessoa, vice-presidente da Sociedade Brasileira de Hepatologia, ensina você a se prevenir dos diferentes tipos da doença:

Hepatite A

Contágio: por ingestão de água ou alimentos contaminados.

Prevenção: já existe vacina, mas não é distribuída. então, lave muito bem as mãos depois de ir ao banheiro e antes de cozinhar.

Tratamento: não vira crônica e costuma ser curada naturalmente.

Hepatite B

 

Contágio: pelo sexo, mas também pode ser transmitida de mãe para filho no parto ou por uso de instrumento com sangue contaminado.

Prevenção: a vacina é distribuída para jovens até 19 anos e para grupos vulneráveis (gestantes, manicures e trabalhadores da saúde etc). Uso da camisinha é indispensável.

Tratamento: pode se tornar crônica, porém, na maioria dos casos é curada naturalmente.

 

Hepatite C

 

Contágio: geralmente é pelo sangue. Há casos também de transmissão de mãe para filho ou por relação sexual.

Prevenção: não existe vacina. Para se prevenir, não compartilhe instrumentos como alicate, agulha, piercing, barbeador, seringa e use camisinha.

Tratamento: pode gerar cirrose, mas é tratável com remédios.

 

Hepatite Delta

 

Contágio: só aparece junto com o vírus tipo B, tendo a mesma forma de contaminação.

Prevenção: uso de camisinha e vacinação contra hepatite B.

Tratamento: costuma ser grave. O tratamento é feito com medicação.

 

Hepatite E

 

Contágio: semelhante ao vírus tipo A.

Prevenção: não há vacina, sendo a higiene a única prevenção.

Tratamento: não vira crônica, mas pode ser grave na gestação. Por isso, mulheres devem realizar o exame.

 

A importância de Mercúrio no seu Mapa Astral – escute já!