Polêmica: lavar ou não o frango cru? Organização Mundial da Saúde responde

Um post de um órgão oficial norte-americano levantou o debate. Descubra o que fazer.

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos, o CDC, fez uma publicação em seu Twitter na semana passada (26) que reacendeu um debate antigo: devemos ou não devemos lavar o frango antes de cozinhá-lo?

A postagem recomendava que não se lave o frango cru, pois isso pode fazer com que os germes se espalhem para outros alimentos e utensílios da cozinha.

Milhares de pessoas passaram rebater a publicação. Muita gente dizia não confiar na embalagem e que preferia lavar a ave e depois higienizar as mãos e a cozinha.

Mas o que o órgão do governo afirma é que mesmo assim há grandes possibilidades de contaminação, sendo que se você levar a carne diretamente ao fogo (sem lavá-la!) e cozinhá-la bem, não haverá riscos.

A recomendação é reforçada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), que afirma que a bactéria mais comum encontrada nessas embalagens, e que causa intoxicação alimentar, não resiste a altas temperaturas.

Sendo assim, nada de lavar o frango! Tirou da embalagem, coloque na panela e deixe cozinhar bem.