Por risco de Salmonella, BRF faz recall de produtos Perdigão

A empresa retirou os lotes do mercado e avisa aos consumidores para checarem em suas casas.

Em comunicado oficial nesta quarta-feira (13), a BRF está avisando aos consumidores da marca Perdigão que há um risco da presença da bactéria Salmonella enteritidis em alguns lotes de produtos.

Em seu site, a empresa divulgou que 164 toneladas de cortes e miúdos de frango in natura podem estar contaminadas. Por isso, está retirando os produtos do mercado, mas avisa aos consumidores que já adquiriram que confiram as embalagens.

Os produtos são cortes congelados de coxas e sobrecoxas, meio peito sem osso e sem pele, filezinho (sassami), miúdos/coração e filé de peito – todos produzidos na fábrica de Dourados (SIF 18), no Mato Grosso do Sul, nos dias 30 de outubro e 5, 6, 7, 9, 10 e 12 de novembro de 2018. “O consumidor deve checar nome, peso, marca, data de fabricação e origem dos produtos na embalagem”, orienta a marca.

Se você identificar um produto com essas características, entre em contato por meio do e- mail recolhimento.sac@brf-br.com ou ligue para o 0800-0311315.

E não se apavore se andou consumindo esses produtos da Perdigão: a Salmonella não sobrevive em altas temperaturas. “Esse microrganismo não sobrevive se o alimento for cozido, frito ou assado, o que é a regra no consumo de produtos de frango in natura, conforme descrito na embalagem”, afirma a BRF.