Saiba qual a origem e como acabar com a caspa, que se intensifica no frio!

Especialistas contam o que você deve fazer para prevenir e quais shampoos são recomendados para se livrar do problema dermatológico.

É provável que, em algum momento da sua vida, você já tenha tido caspa. Apesar de essa ser uma condição bastante comum, ainda existe muito preconceito em torno dela. Afinal, quantas vezes você não ouviu alguém se referir à caspa como algo anti-higiênico?

Pois saiba que o problema não tem nada a ver com falta de higiene! A caspa é uma doença dermatológica que, devido a alguma inflamação na pele ou couro cabeludo, resulta em um processo de descamação.

Qual a origem da caspa?

“Pode ter uma questão genética envolvida, mas não é só isso. Algumas situações podem piorar ou desencadear a caspa”, conta o Dr. Gabriel Aribi, dermatologista da Sinclair Pharma, empresa internacional de dermatologia. Cansaço, estresse emocional, ingestão de certos tipos de medicamentos ou simplesmente o uso de produtos inadequados para o cabelo podem causar alguma inflamação e dar início à descamação.  

O frio também pode ser um fator para o aumento da caspa: “Durante esse período do ano, o corpo aumenta a produção de sebo“, justifica o dermatologista Gustavo Limongi, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Com isso, seu cabelo fica mais oleoso, fator que aumenta a incidência de caspa, uma vez que o crescimento celular é mais estimulado e a descamação acontece com maior frequência. 

Como evitar

Todo mundo esta sujeito a ter caspa, mas existem algumas coisas simples que você pode fazer para se prevenir.

Em primeiro lugar, procure utilizar produtos adequados para o seu tipo de cabelo. Normalmente, na embalagem do shampoo você já encontra algumas informações sobre as propriedades e uso correto. Se ainda estiver em dúvida, vale consultar um dermatologista.

Preste atenção também na quantidade de shampoo e condicionador que você aplica nos fios; quanto mais produtos houver em seu cabelo, maior será o tempo de enxague. É preciso retirar todos os resíduos, uma vez que a permanência deles contribui para a descamação.

Não tome banhos muito quentes! A água em temperaturas altas faz aumentar a oleosidade do couro cabeludo.

Lembre-se: lavar o cabelo todos os dias não tem qualquer relação com a caspa. Você deve lavar seu cabelo sempre que ele estiver ficando oleoso e o tempo para que isso aconteça varia de pessoa pra pessoa.

Tratamento

O tratamento ideal para o problema vai depender da especificidade de cada caso. Nos mais simples, apenas aquele shampoo anticaspa vendido em qualquer farmácia é o suficiente. Mas é sempre bom procurar ajuda de um especialista. “O tratamento deve ser indicado pelo dermatologista, já que existem múltiplas causas e doenças responsáveis pelo processo”, afirma o Dr. Gustavo Limongi. 

O dermatologista pode recomendar o uso de shampoos especiais, feitos sob receita médica por farmácia de manipulação. Ele também pode prescrever a aplicação de nutrientes como zinco e selênio.

O uso de corticoides é outra opção para casos mais graves, porém só deve ser prescrito por médico.

 

Fontes: Dr Gabriel Aribi, dermatologista da Sinclair Pharma e Dr. Gustavo Limongi, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia

☆ Será que seu signo tem a ver com o signo do crush? Entenda o que é e do que fala a sinastria ☆