Transtorno bipolar: sintomas e tratamentos

O transtorno bipolar mexe com o temperamento das pessoas e faz vítimas entre anônimos e famosos. Conheça os sintomas e os tratamentos existentes

Siga o mdemulher no Instagram

Um em cada cinco brasileiros possui 
transtorno bipolar
Foto: Getty Images

Antigamente, ela era chamada de psicose maníaco-depressiva. Hoje, os médicos dizem apenas “transtorno bipolar”. O humor de quem sofre desse mal se alterna entre dois polos: da euforia extrema à tristeza absoluta – daí vem esse nome.

Segundo a psicóloga MiriamThomé, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), o problema costuma surgir por volta dos 24 anos, mas também pode se manifestar em crianças e adolescentes.

A atriz Cássia Kiss, que é portadora, sabe o quanto é difícil conviver com parentes e amigos durante as crises. “Num dia eu estava péssima, maltratava as pessoas. No outro, queria consertar: mandava flores, pedia perdão”, conta.

Felizmente, os tratamentos disponíveis são eficazes. Eles controlam as mudanças bruscas de comportamento e aliviam os sintomas. Se você desconfia que alguém próximo sofra de transtorno bipolar, verifique os sinais mais comuns, descritos abaixo.

Os principais sintomas

Fase da euforia
. Alegria exagerada
. Agitação física e mental
. Sensação de ter poderes especiais
. Ideias grandiosas
. Aumento do desejo sexual
. Insônia

Fase da depressão
. Tristeza, irritabilidade
. Perda ou aumento de apetite
. Dificuldade de concentração
. Pensamento de morte ou suicídio