Youtubers experimentam todo tipo de droga em vídeos educativos

Chamado de "Drugslab", este canal do YouTube é financiado pelo governo da Holanda - a ideia é conscientizar espectadores sobre os efeitos das substâncias.

Depois de um aviso sobre o conteúdo ser educativo (e não ter a “intenção de encorajar o uso de drogas”), cada vídeo do Drugslab começa com dois youtubers explicando: “Neste laboratório, nós experimentamos diferentes tipos de drogas. Se você tem curiosidade sobre alguma, conte-nos nos comentários, e quem sabe nós experimentemos para você”.

O inusitado é que os vídeos são produzidos pela BNN, rede de televisão pública da Holanda (como se fosse a TV Cultura ou a TVE no Brasil, por exemplo). Famoso por suas políticas tolerantes em relação às drogas, é o governo holandês que patrocina, além da produção do programa, também as substâncias nele consumidas. De haxixe, cocaína, MDMA, LSD até ritalina e cogumelos, toda semana um dos apresentadores consome, em frente às câmeras, uma droga diferente.

fainthospitablecanary-size_restricted

 (Reprodução/)

Além de ter seus batimentos cardíacos e temperatura corporal acompanhados em tempo real, toda sexta-feira um deles descreve, nos mínimos detalhes, o que a substância os faz sentir. Enquanto isso, um companheiro sóbrio dá as explicações científicas e as dicas para que os perigos envolvendo o consumo da droga testada sejam evitados.

“O hormônio ADH vai ser produzido, o que te impede de fazer xixi”, avisa Bastiaan, no vídeo em que sua companheira Nellie prova MDMA. “O que acontece é que seu corpo vai reter líquidos, principalmente em torno do cérebro. Isso pode ser perigoso, então, beba um ou dois copos de água ou refrigerante a cada hora”.

No vídeo abaixo, Bastiaan usa LSD – e o espectador pode acompanhar tudo o que acontece com ele a partir disso. Assista ao vídeo (em inglês).